Amigos e familiares dão o último adeus ao secretário Camilo Simões

Caixão foi levado para o crematório do Cemitério Morada da Paz, em Paulista (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)

 

 

 

 

Parentes e amigos do secretário de Turismo do Recife, Camilo Simões, deram o último adeus ao gestor municipal na manhã desta segunda-feira (17). Após uma missa, o caixão foi levado por volta das 11h30 para o crematório do Cemitério Morada da Paz, em Paulista, Região Metropolitana do Recife.

Aos 31 anos, Simões morreu no domingo (16) após sofrer um infarto. O corpo foi encontrado no sofá da casa da sogra dele, em Boa Viagem, Zona Sul da capital pernambucana. Ele deixa a mulher, Rebeca, e dois filhos pequenos.

Velório
Amigos e familiares lotaram a capela onde ocorria o velório. Políticos aliados e de oposição, como o presidente estadual do PT, Bruno Ribeiro, compareceram à cerimônia para homenageá-lo. De fora do estado, veio o prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM). O ministro da Educação, Mendonça Filho, e a viúva do ex-governador Eduardo Campos, Renata Campos, também estiveram presentes.

O governador Paulo Câmara disse que era um dia muito triste. “Ele era uma pessoa que tinha um futuro brilhante pela frente, era dedicado, solidário, transmitia confiança e alegria para todos os que conviviam com ele”, comentou.

O prefeito Geraldo Julio chegou por volta das 9h30 acompanhado dos filhos. Em homenagem ao amigo, o candidato à reeleição suspendeu os atos de campanha nesta segunda-feira. “Um cara leal, animado, entusiasmado. Camilo era um cara de muitos amigos, gostava de fazer amizades. Era um profissional que sabia lidar com as situações mais difíceis”, declarou.

O secretário do Turismo de Pernambuco e deputado federal Felipe Carreras, que trabalhou com ele quando comandava a pasta no poder municipal, estava bastante emocionado. “A gente nunca pensou que ia estar falando isso nesse momento. Uma pessoa com quem eu tive o orgulho de trabalhar”, destacou.

História
Formado em publicidade, Camilo atuava também como um dos coordenadores da campanha do prefeito Geraldo Julio (PSB), que tenta a reeleição no segundo turno, no dia 30 deste mês. O jovem era filho da publicitária Marta Lima e neto do ex-vice-prefeito do Recife e ex-deputado federal Artur Lima Cavalcanti. Ele deixou mulher e dois filhos, de 2 anos e sete meses.

Camilo chegou a atuar como executivo de contas em agência de publicidade. Em 2012, coordenou a Juventude na campanha de Geraldo Julio para prefeito. Ele assumiu a pasta em abril de 2014, no lugar do atual secretário de Turismo do estado, Felipe Carreras.

Ex-funcionário e torcedor do Sport Club do Recife, ele recebeu uma homenagem antes do início da partida deste domingo, contra o Vitória (BA), na Ilha do Retiro, pela Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol. O grito de guerra entoado pelos torcedores foi dedicado a ele.

Repercussão
Diante da morte de Camilo, o Governo de Pernambuco enviou uma nota. “É com profunda tristeza que lamentamos o falecimento tão precoce do nosso amigo Camilo Simões. Pernambuco perde uma figura querida, que dedicou seus últimos anos ao Turismo do Recife. Desejamos que a família encontre conforto e paz”, diz o texto assinado pelo governador Paulo Câmara.

Em nota, o prefeito Geraldo Julio destacou o trabalho de Camilo. “Juventude, trabalho, coragem, capacidade e muita sensibilidade resumiam Camilo, um grande amigo e um dos mais talentosos e dedicados gestores públicos com quem tive a honra de trabalhar. É uma perda sem tamanho para o Recife. É difícil encontrar palavras de conforto no momento de profunda dor. Que Deus conforte a família”.

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) também publicou uma nota de pesar na manhã desta segunda-feira (17). “Muito jovem, Camilo destacava-se como um qualificado gestor público e um promissor quadro político do PSB recifense. O Diretório Nacional se solidariza com os companheiros socialistas, familiares e amigos neste momento de dor e tristeza”, afirma o texto.

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) lamentou a morte prematura do Secretário de Turismo do Recife, Camilo Simões. O deputado Sílvio Costa Filho (PRB), candidato a vice-prefeito na chapa de João Paulo (PT), adversária de Geraldo Julio, assinou uma nota oficial.

No texto, Costa Filho afirmou que, mesmo em campos opostos, sempre manteve uma boa relação com Camilo, um jovem quadro da gestão pública do Estado. “Para a toda a família, nossa solidariedade e votos de força e paz num momento tão difícil”, escreveu. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *