Barragem do Jazigo em Serra Talhada pede socorro!

Jazigo seco

Barragem do Jazigo na atualidade.

 

 

Construída na década de 80, inaugurada no governo Roberto Magalhães com capacidade para armazenar 15 milhões de metros cúbicos d’água; desde a sua construção jamais viu qualquer beneficiamento por parte das autoridades competentes, leia-se governo estadual.

Sabemos que o Nordeste vive sofrendo com a escassez hídrica. Faz-se necessário que o governo municipal, juntamente com os deputados que aqui foram votados, tomem providências urgentes para salvar a referida barragem.

A Barragem do Jazigo encontra-se totalmente assoreada, uma medida simples e sem muito custo poderia resolver de forma substancial o problema.

O setor da construção civil de Serra Talhada vem de vento em polpa, mesmo diante dessa crise, as construções são notórias todos os dias em nossa cidade, uma das matérias primas principais na construção civil, sabemos que é a areia e o barro, justamente são essas substâncias que estão causando a morte da Barragem do Jazigo.

O problema é de fácil solução e de custo não muito elevado, caberia ao Ministério Público, Estado e município; caberia ao prefeito Luciano Duque e os deputados que aqui aportam nas eleições para galgarem votos, unirem forças e solicitar do Governo do Estado uma providência urgente, já que estamos bem próximos do período chuvoso.

Uma máquina retro-escavadeira, (uma PC) e vinte caçambas, num verdadeiro mutirão, resolveria em duas semanas, pelo menos a parte principal da barragem, nas proximidades da parede que se encontra totalmente assoreada.

Esse material poderia ser armazenado em um local da própria prefeitura para ser inclusive vendido para a nossa construção civil, evitando assim que os caçambeiros retirem a areia para as construções, agredindo a parte jusante, do nosso Rio Pajeú.

“Serra Talhada, o maior colégio eleitoral do Pajeú e o segundo do Sertão de Pernambuco, é o primeiro na falta de homens, comprometidos com a região.

Sobram políticos para pedirem votos, mas, falta vontade para resolverem os problemas cruciais do nosso povo, a exemplo dessa barragem citada, um IML para atender a região, um hospital para amenizar o sofrimento daqueles sertanejos que procuram Serra Talhada e sabem que somos a maior cidade do Pajeú.

Temos dois deputados eleitos, um estadual e um federal, (que deixou de ser, assumindo uma Secretaria de Estado), mas, parece que é preciso o povo gritar, espernear para tentar resolver questões simples, que ajudariam a população.

A Barragem do Jazigo, pede socorro pra ontem. A medida é simples, não sou engenheiro, mas entendo que basta raciocínio e boa vontade para resolverem os problemas citados.

A responsabilidade está nas mãos de vocês!

Jazigo cheio

Barragem do Jazigo no inverno

Em defesa do povo serra-talhadense

 

 

Meus conterrâneos do Sertão pernambucano…

A cidade de Serra Talhada, distante 420 km da capital pernambucana, está localizada praticamente no centro do estado. A maior cidade do Pajeú, um polo educacional, inclusive com uma faculdade de medicina, um polo comercial já que recebe visitantes de mais de 50 municípios que aqui aportam para comprarem e fazerem negócios; um polo cultural e aqui nasceram e nascem artistas todo dia. Um polo médico: pacientes de diversas localidades visitam nossa cidade para realizarem consultas, tratamentos e cirurgias diariamente.

Somos uma cidade do sertão que em todas as eleições elege seus candidatos e ainda ajuda a eleger deputados forasteiros. Temos há diversos mandatos, representantes na Assembléia Legislativa e no Congresso Nacional e contamos com políticos de “força”, de “peso”, mas que dormem à sombra do governador do estado, e de braços cruzados, não lutam por uma causa justa e nobre que é uma unidade do IML no município. Nesse contexto cabem diversas interrogações.

– A cidade de Serra Talhada é a maior cidade do Pajeú e está geograficamente dividindo o sertão, diminuindo a distância entre diversas cidades do Pajeú e está próximo do sertão central e se dividirmos a distância, iremos encontrar a cidade de Serra Talhada no centro mais viável para a instalação do IML.

– A cidade é um polo médico, inclusive com uma faculdade de medicina. Por si só, já temos como justificar a necessidade crucial do IML.

– A cidade, diferentemente de outras cidades do sertão, tem em todos os mandatos representantes na Assembléia Legislativa e no Congresso Nacional, inclusive com diversos deputados. Qual o motivo do governador Paulo Câmara preterir a cidade, mandando um IML para o Araripe e deixando as famílias serra-talhadenses e circunvizinhas sem esse serviço de extrema necessidade?

Só quem passou pelo constrangimento de ver um entes queridos, fazendo turismo macabro num rabecão de cidade em cidade recolhendo corpos para fazerem autópsias no IML da cidade de Caruaru, para depois de aproximadamente 30, 40 horas serem liberados para o sepultamento é quem pode atestar a importância desse IML para Serra Talhada. Particularmente e graças a Deus, não tive essa experiência, mas, vejo a dor e a angústia de conterrâneos que passaram por ela. E vai mais uma interrogação. Aonde estão nossos representantes que inclusive estiveram juntos no mesmo barco de Eduardo Campos e não resolveram isso?

Hoje, divididos podem muito bem dizer que deputado não resolve nada, não tem o poder da caneta, mas, quando estiveram juntos não botaram o ‘pé no bucho’, não defenderam essa causa justa e nobre. E complemento com mais uma interrogação: Aonde fica a vergonha dos nossos representantes ao verem o governador Paulo Câmara preterir a cidade ao invés de contemplá-la?

EU, se fosse político de mandato, enfiaria a cara num buraco e teria vergonha de andar nas ruas e teria também vergonha de voltar a pedir votos de porta em porta.

SENHORES POLÍTICOS, DETENTORES DE MANDATOS NA MINHA TERRA, TENHAM VERGONHA NA CARA E LUTEM POR SERRA TALHADA, NÃO DEIXEM O GOVERNADOR IRRESPONSAVELMENTE DESVIAR ESSE IMPORTANTÍSSIMO ÓRGÃO DO NOSSO MUNICÍPIO. Vamos nos mobilizar e fazer um movimento de repúdio aos desmandos administrativos – eleitoreiros do governo Paulo Câmara com relação ao IML para o nosso município.

Irei empunhar essa bandeira e preciso do apoio de todos.

Convoco os meus amigos para juntos mostrarmos a nossa força… Tá passando o tempo de lutarmos pelo nosso povo. E vou logo dizendo: Não sou candidato a coisa nenhuma, apenas acho que devemos lutar pelo nosso povo sofrido. Conclamo mais uma vez para juntos realizarmos um ato público e vamos através de abaixo assinado, conseguir assinaturas para mostrar a nossa indignação com esse descaso para com o nosso povo. O governador Paulo Câmara precisa saber da indignação do povo de Serra Talhada.

Que Deus seja Louvado!

 

Iranildo Marques – Serra Talhada-PE

Poeta, jornalista, professor e empresário.