Temer retira policiais e professores da Reforma da Previdência

Resultado de imagem para Temer retira policiais e professores da Reforma da Previdência

Em um pronunciamento de última hora, o presidente Michel Temer disse, na noite dessa terça-feira (21), que a reforma da Previdência abarcará apenas servidores federais. Caberá aos estados e municípios, segundo ele, a adequação de suas legislações e a realização de normas próprias em relação ao assunto. Temer disse que faz isso para evitar uma “invasão de competência” e pra fortalecer o princípio federativo.

— (…) Surgiu com grande força a ideia de que nós deveríamos obedecer a autonomia dos estados e, portanto, fortalecer o princípio federativo e, assim sendo, fazer a reforma da Previdência apenas referentemente aos servidores federais, ficando portanto aos estados e municípios a edição de normas relativas a essa matéria – disse Temer.

Temer fez o comunicado cercado pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, do senador Romero Jucá, do ministro da secretaria geral da Presidência, Moreira Franco, e do relator e presidente da comissão que analisa a PEC da Previdência na Câmara, deputados Arthur Maia e Carlos Marun, respectivamente

 

Ministério da Agricultura divulga empresas citadas na Carne Fraca

Ministério da Agricultura divulga lista de frigoríficos sob investigação pela PF

 

 

 

O Ministério da Agricultura divulgou nesta terça-feira, 21, por meio do seu site a lista dos 21 frigoríficos investigados pela Polícia Federal na operação Carne Fraca.

A maioria dos 21 frigoríficos está no Paraná (18), com mais dois em Goiás e um em Santa Catarina. A lista revela também quais são as “condutas investigadas” pela Polícia Federal.

Desde de que foi deflagrada, na última quinta-feira, 16, a operação Carne Fraca já provocou uma série de embargos de países que importam a carne brasileira.

Os frigoríficos investigados, a localização e o motivo da fiscalização são os seguintes:

1 – Frigorífico Oregon S/A, em Apucarana (PR), produtor de carne de eqüino, está sendo investigado por corrupção e dificultar ações de fiscalização.

2 – Frango D M Indústria e Comércio de Alimentos Ltda, em Arapongas, (PR), com produção de carne e produto de aves, investigado por corrupção.

3 – Seara Alimentos Ltda, em Lapa (PR), com produção de carne e produto de aves, está sendo investigado por irregularidades no procedimento de certificação sanitária.

4 – Peccin Agroindustrial Ltda – EPP, em Jaraguá do Sul (SC), com produção de carne de suíno e produtos cárneos, investigado por utilização de carne estragada em salsicha e lingüiça, utilização de carne mecanicamente separada (cms) acima do permitido e uso de aditivos acima do limite ou de aditivos proibidos.

5 –Madero Indústria e Comércio S/A, em Ponta Grossa (PR), com fabricação de produtos cárneos. As irregularidades ainda estão sendo apuradas.

6 – Frigorífico Rainha da Paz Ltda – ME, em Ibiporã (PR), com produção de carne de suíno e produtos cárneos (inseridos na carne), sob investigação por corrupção.

7 – Indústria de Laticínios S.S.P.M.A. Ltda, em Sapopemba (PR), com produção de lácteos, acusada de dificultar as ações de fiscalização.

8 – Breyer & Cia Ltda, União da Vitória (PR), com produção de mel e produtos apícolas, investigada por corrupção.

9 – Frigorífico Larissa Ltda, Iporã (PR), com produção de carne de suíno e produtos cárneos, sob investigação de comércio de produtos vencidos, troca de etiquetas e transporte de produtos sem a temperatura adequada.

10 – Central de Carnes Paranaense Ltda – ME, em Colombo (PR), que produz carne bovina, sob investigação por corrupção e injeção de produtos cárneos.

11 – Frigorífico Souza Ramos Ltda, em Colombo (PR), com produção de produtos de carne, investigado por substituição de matéria-prima de peru por carne de aves, além de troca de favores por procedimentos fiscalizatórios.

12 – E. H. Constantino & Constantino Ltda, em Londrina (PR), fabricante de produtos cárneos, investigado por corrupção.

13 – Fábrica de Farinha de Carnes Castro Ltda, em Castro (PR), fabricante de farinha de carne e osso, investigado por não controle de recebimento de matéria-prima.

14 – Transmeat Logística, Transportes e Serviços Ltda, em Balsa Nova (PR), fabricante de produtos cárneos, investigado por corrupção e injeção de produtos cárneos.

15 – BRF S/A, em Mineiros (GO), fabricante de carne de aves e produtos (incluindo peru), sob investigação por corrupção, embaraço da fiscalização internacional e nacional e tentativa de evitar suspensão de exportação.

16- Frigorífico Argus Ltda, em São José dos Pinhais (PR), fabricante de carne e produtos derivados, sob investigação pelo uso indevido de senha do servidor do Ministério da Agricultura por funcionário da empresa.

17 – Frigomax Frigorífico e Comércio de Carnes Ltda, em Arapongas (PR), com produção de produtos cárneos, investigada por poluição ambiental e corrupção.

18 – Indústria e Comércio de Carnes Frigosantos Ltda, em Campo Magro (PR), com produção de produtos cárneos. Ainda sob apuração as irregularidades.

19- Peccin Agroindustrial Ltda, em Curitiba (PR), com produção de produtos cárneos, investigado por utilização de carne estragada em salsicha e lingüiça, utilização de cms acima do permitido, uso de aditivos acima do limite ou de aditivos proibidos.

20 – JJZ Alimentos S/A, em Goianira (GO), com a produção de carne bovina e produtos derivados, sob investigação por embaraço de atividade de fiscalização e corrupção.

21 – Balsa Comércio de Alimentos Eireli – ME, em Balsa Nova (PR), com produção de produtos cárneos. Ainda sob apuração as irregularidades.

 

Do IstoÉ

STJ nega habeas corpus a Eduardo Cunha

Resultado de imagem para STJ nega habeas corpus a Eduardo Cunha

 

 

 

Por unanimidade, a 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve preso o deputado cassado Eduardo Cunha. O ex-presidente da Câmara está preso em Curitiba, no âmbito da Operação Lava Jato, desde outubro. Ele é réu por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Em fevereiro, o Supremo Tribunal Federal (STF) negou um recurso da defesa de Cunha. Entre outras coisas, o plenário da Corte considerou que já estava em tramitação no STJ um habeas corpus ainda pendente de análise. A partir de agora, com a negativa da 5ª Turma do STJ, os advogados do peemedebista podem novamente recorrer ao Supremo.

Cunha aposta nos tribunais de Brasília – STJ e STF – para sair da prisão. Até agora, no entanto, os julgamentos foram negativos para a defesa do peemedebista. Interlocutores de Cunha dizem que o ex-presidente da Câmara não admite falar em negociação de delação premiada antes de esgotar todas as possibilidades de defesa.

Na 5ª Turma do STJ, os ministros seguiram o voto do relator, ministro Félix Fischer. Para ele, enquanto o dinheiro supostamente recebido por Cunha a partir da prática de crime não for totalmente rastreado há risco de “dissipar o produto do crime”, o que inviabiliza a recuperação dos valores. Os ministros apontaram que há indícios de crimes envolvendo ao menos US$ 1,5 milhão.

Cunha foi preso em 19 de outubro, na ação em que responde por lavagem de dinheiro e corrupção, acusado de receber propina oriunda de um contrato da Petrobras na África e manter o dinheiro em contas secretas na Suíça. O caso foi encaminhado a Moro após ele ser cassado e perder o foro privilegiado.

Suspeito de integrar quadrilha interestadual de tráfico de drogas é preso pela PF em Pernambuco

Resultado de imagem para Suspeito de integrar quadrilha interestadual de tráfico de drogas é preso pela PF

Um dos suspeitos foragidos da Operação Estufa, que teve como foco uma quadrilha interestadual de tráfico de drogas, foi preso pela Polícia Federal. Ele tentou fugir subindo no telhado do local onde estava, mas não conseguiu. Com a prisão, divulgada nesta quarta-feira (22), seguem foragidos três homens. Ao todo, foram emitidos 15 mandados de prisão preventiva para a operação.

A quadrilha, alvo da operação desencadeada no dia 14 de março, tinha atuação nos estados de Pernambuco, Bahia, Paraíba e Rio Grande do Norte, onde atuava como atacadista, comprando grandes quantidades de droga diretamente de produtores e as transportando em caminhões de frete de cargas ilícitas para seus depósitos.

O homem preso em Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife, apesar de seu endereço oficial ser no bairro de Jardim Atlântico, em Olinda. Ao saber que o suspeito estava na cidade, os policiais federais seguiram até o município e cercaram um imóvel, onde funciona um salão de beleza.

Quando os agentes ordenaram que ele saísse do local, ele tentou fugir pela porta dos fundos, subindo no telhado da casa. Porém, já havia policiais também no local e ele acabou sendo preso e encaminhado à sede da Polícia Federal no Cais do Apolo, região central do Recife. Após os procedimentos legais, ele foi levado para o Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana, onde fica à disposição da Segunda Vara Criminal da Comarca de Paulista.

Operação

As investigações foram iniciadas em novembro de 2016. Desde então, três pessoas foram presas em flagrante, com mais de 2 toneladas de maconha apreendidas e R$ 32 mil apreendidos em espécie.

Segundo a PF, a quadrilha atuava como atacadista, comprando grandes quantidades de droga diretamente de produtores e as transportando em caminhões de frete de cargas ilícitas para seus depósitos. A quadrilha fazia também o processo de distribuição, dividindo a droga e a revendendo para traficantes tanto de Pernambuco quanto de estados próximos.

Para desviar a atenção das autoridades, a quadrilha utilizava um posto de gasolina, um clube e uma concessionária como fachada para as suas operações criminosas. Segundo o superintendente da PF em Pernambuco, Marcello Diniz Cordeiro, o grupo era muito bem organizado e demonstrou uma preocupação em camuflar o crime.

Os integrantes da quadrilha serão responsabilizados criminalmente pela prática dos crimes contido nos artigos 33 e 35 da Lei 11.343/06 (tráfico e associação – penas de 5 a 30 anos de reclusão) combinado o com o artigo 1º da Lei 9.613/98 com redação dada pela Lei 12.683/12 (lavagem de Dinheiro – pena de 3 a 10 anos de reclusão) e artigo 2º da Lei 12.850/13 (Organização Criminosa – pena de 3 a 8 anos de reclusão) e caso sejam condenados, as penas somadas, podem ultrapassam os 45 anos de reclusão. (G1)

Alunos da zona rural de Buíque e Tupanatinga receberão material de kit pedagógico

A ação da LBV beneficia em todo o Brasil, mais de 17 mil estudantes

 

 

 

Vai ser nesta quinta e sexta-feira (23 e 24/03), a entrega dos kits de material pedagógico da campanha Criança Nota 10 — Proteger a infância é acreditar no futuro, para mais de seiscentos alunos de escolas da zona rural de Pernambuco, entre elas, as escolas Padre José Kerles e Presidente Tancredo Neves em Tupanatinga, e no município de Buíque nas escolas Júlio Monteiro e Antônio de Oiô.

A iniciativa visa apoiar os pais que não tem recursos para a compra do material escolar e contribuir para o combate ao analfabetismo. Segundo dados divulgados pelo PNAD/IBGE 2014, o Brasil, tem 13 milhões de analfabetos absolutos, com mais de 15 anos de idade, definidos como “pessoas que não sabem ler e escrever um bilhete simples no idioma que conhecem”.

A ação da LBV beneficia, em todo o Brasil, mais de 17 mil estudantes de 90 municípios nas cinco regiões. Os kits são compostos de acordo com a faixa etária dos estudantes e contém itens como: estojo, lápis preto, giz de cera, canetas, apontador, borrachas, tesoura, tubos de cola, cadernos, mochila e régua.

 

É o povo ajudando o povo

Para a realização da campanha, a LBV conta com doações da população, de colaboradores, de voluntários, de empresas parceiras e o apoio da mídia.

Saiba como ajudar

As doações podem ser feitas pelo site www.lbv.org ou pelo tel.: 0800 055 50 99.

A LBV

A Legião da Boa Vontade acredita que a educação iluminada por valores espirituais, éticos e ecumênicos transforma o ser humano para melhor, por isso, há mais de 67 anos, ela atua ao lado das populações em situação de vulnerabilidade social.

Serviço:

Evento: Entrega de kits de material pedagógico da LBV

Datas e Locais:

23/03/2017 – Escola Padre José Kerles às 10h no Sítio Sanharó – Escola Presidente Tancredo Neves no Sítio Boqueirão às 15h – Zona Rural de Tupanatinga/PE.

24/03/2017 – Povoado Tanque (Escola Júlio Monteiro às 10h – Escola Antônio de Oiô às 15h – Povoado Catonho – Zona Rural de Buíque)

Informações: www.lbv.org | Tel.: (81) 3413.8601

Redes sociais: LBV Brasil no Facebook, no YouTube ou no Instagram

 

Da Assessoria

Grupo do serra-talhadense João Santos decreta falência

Resultado de imagem para João  Santos

 

 

 

 

Blog do Antônio Martins

O Grupo João Santos, que produzia o cimento Nassau e detinha 13% do mercado do produto no Brasil, decretou, oficialmente, sua falência no fim da última semana.

Em suas 12 fábricas no Norte, Nordeste e Sudeste do País, a Nassau produzia 6,4 milhões de toneladas de cimento por mês.

Porém, o Grupo João Santos não era só cimento. Era um império que tinha usinas de açúcar e etanol, fábricas de papel e celulose e uma rede de comunicação, a Rede Tribuna, presente em Pernambuco e no Espírito Santo.

A crise no grupo econômico foi instalada logo após a morte do patriarca e fundador do império, o empresário pernambucano João Pereira dos Santos. Ele morreu de infarto, em 15 de abril de 2009, aos 101 anos.

A briga familiar pelo controle do grupo, que levou à falência do império, teve de um lado Fernando Santos, José Bernardino Santos e Maria Clara Santos, filhos de João Santos, e de outro, as irmãs de João Santos, Ana Maria Santos e Rosália Santos, além de Alexandra, Rodrigo e Maria Helena, filhos do primogênito João Santos Filho, morto em 1980 num desastre de avião no Paraguai. Em 2010, o patrimônio do conglomerado era avaliado pelo mercado em R$ 5 bilhões.

Jovem serra-talhadense é apresentado na base do Santa Cruz

Meia Renatinho (à esquerda), ex-Serra Talhada, atuará na base do Santa Cruz FC! (Foto: Rodrigo Baltar)

 

 

 

Em preparação para a decisão diante do Campinense, quarta-feira (22), a equipe do Santa Cruz segue a programação de treinamentos.

Nessa segunda-feira (20), o elenco tricolor trabalhou taticamente no Arruda.

Durante o treino, o técnico Vinícius Eutrópio manteve a escalação da goleada contra o Central.

Além disto, o zagueiro Bruno Silva retornou de lesão e vai ficar à disposição para enfrentar o Campinense.

O treino desta segunda recebeu, também, duas caras novas: o meia Renatinho, de 19 anos, e o volante Matheus Sacramento, de 18 anos. O primeiro é pernambucano de Serra Talhada e já tem experiência profissional pelo time que leva o nome da cidade.

Já Matheus é paulista e passou pelas categorias de base do Luverdense e do América/RJ, antes de chegar ao Santa Cruz, no final de 2016.

Eles complementaram o treino do elenco profissional, mas ainda não devem subir de forma definitiva para o grupo principal. De qualquer forma, são mais duas boas promessas para o clube!

O Santa Cruz ainda treina nesta terça-feira, no ato final da preparação para enfrentar o Campinense. A partida da quarta-feira será decisiva! Vale vaga nas quartas de final da Copa do Nordeste.

 

Do site do Santa Cruz

Sertão do Nordeste tem desperdício de água em áreas assoladas pela seca

 

 

 

O Bom Dia Brasil fez uma viagem pela região atingida pela maior seca em um século no Sertão nordestino.

Os repórteres Chico Regueira e Alberto Fernandez percorreram três mil quilômetros. Passaram por mais de 50 cidades e povoados, em três estados: Piauí, Pernambuco e Paraíba.

E encontraram grandes contrastes, como o desperdício de água na região onde a seca entrou no sétimo ano.

O poço Violeta, em Cristino Castro, no Piauí, por exemplo, já jorrou, em 44 anos, mais de 2 bilhões de litros d´água. É o equivalente a toda a água da Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro.

O cálculo é do Serviço Geológico do Brasil, ligado ao Ministério de Minas e Energia.

 

Do Bom dia Brasil

Pelo menos três homicídios são registrados no Sertão de PE

 

 

 

Pelo menos três homicídios foram registrados na noite do último domingo (19) e na madrugada dessa segunda-feira (20) nos municípios de Parnamirim, Araripina e Trindade, no Sertão de Pernambuco.

Em Parnamirim, um jovem de 21 anos foi morto a tiros nas proximidades do Sítio e Balneário Fortaleza. De acordo com a Polícia Militar (PM), os moradores ouviram os disparos e acionaram a PM. Ninguém foi preso.

No início da madrugada desta segunda-feira, em Araripina, um homem de 22 anos foi morto a golpes de faca. O corpo foi encontrado próximo à casa dos seus pais, na Rua do Bairro Cavalete 1. Segundo a PM, a vítima já havia sido presa por roubo. Ainda não se sabe sobre a motivação e ninguém foi preso.

Já em Trindade, um ex-presidiário de 21 anos foi morto a tiros por volta das 21h do último domingo (19). Segundo informações da Polícia Civil (PC), o jovem estava a pé, na Estrada do Saco Verde, próximo ao Balneário Águas Clube, na Zona Rural da cidade. De acordo com a PC, não houve testemunhas e não se sabe a motivação do crime. A vítima teria saído da prisão há pouco tempo.O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Petrolina.

 

Do G1

É muita crueldade’, diz irmão de manifestante baleado por policial militar durante protesto em Pernambuco

Resultado de imagem para 'É muita crueldade', diz irmão de manifestante baleado por policial militar durante protesto em PE

Pedindo justiça, José Roberto da Silva é irmão do manifestante que foi baleado por um policial militar durante um protesto na cidade de Itambé, Zona da Mata Norte do estado. Atingido na coxa, Edvaldo da Silva, de 19 anos, segue internado no Hospital Miguel Arraes, no Grande Recife, e respira com ajuda de aparelhos. Exibindo uma foto tirada no aniversário do irmão, José Roberto pede que os PMs envolvidos sejam presos. (Veja vídeo acima)

“Trataram meu irmão como um cachorro. Além de atirar, ainda o arrastaram e bateram na cara dele. Espancaram meu irmão. É muita crueldade”, relembra indignado.

O tiro atingiu uma veia na coxa e, no sábado (18), o estado de saúde dele era grave. O fato ocorreu durante um ato contra a violência na cidade, na sexta-feira (17). Além do homem, outros moradores fecharam a rodovia PE-75 por várias horas, pedindo mais segurança. Um vídeo enviado para o WhatsApp da TV Globo mostra o momento em que ele é baleado. (Veja vídeo abaixo)

As imagens mostram uma discussão entre a vítima e uma mulher, com policiais em volta. Em seguida, é possível ver um policial perguntando: “É esse quem vai levar um tiro primeiro?”. O PM chama um colega armado e aponta o rapaz. Um tiro é disparado. Atingido, o homem cambaleia e cai no chão.

Após atirar, os policiais o arrastam pelo asfalto até a viatura da Polícia Militar, batem no rosto dele e o colocam na parte de trás da caminhonete. O veículo então deixa o local, sob gritos dos manifestantes. De acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS), a bala era de borracha.

“Já sabemos que esse policial que mandou atirar não é daqui da cidade. Eu quero justiça. Quero que esse policial seja preso”, diz José Roberto. Vestidos de branco e com os dizeres ‘o tiro que atingiu o jovem, feriu nossa dignidade’, moradores exibiram cartazes ao protestar contra a ação dos policiais na manhã desta segunda-feira. Eles caminharam pelas ruas de Itambé.

“Eu quero justiça. Quero que esse policial seja preso” (José Roberto da Silva, irmão da vítima)

A vítima deu entrada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Miguel Arraes, em Paulista, Grande Recife, em estado grave. Ele passou por uma cirurgia ainda na sexta-feira. De acordo com a unidade de saúde, o tiro atingiu uma veia na coxa e o paciente perdeu muito sangue antes de ser atendido. Como parte do tratamento, ele passou a fazer hemodiálise.

“Um funcionário ligou para mim dizendo que minha mãe estaca lá e que meu irmão havia sido baleado. Foi horrível. Estava em casa e nunca esperei receber esse tipo de ligação”, recordou.

Em nota, a SDS informou que determinou a abertura de inquérito policial e procedimento administrativo para apurar a ocorrência. Ainda segundo o texto, foi instaurado, na sexta-feira (17), um inquérito policial na Delegacia de Itambé.

“O Comando Geral da Polícia Militar abriu inquérito policial militar para apurar a conduta dos servidores, que foram retirados das funções de policiamento ostensivo até a apuração completa dos fatos”, diz o texto. (G1)