Governo libera R$ 13,8 milhões para vacinação contra febre amarela

Verba liberada hoje faz parte dos R$ 40 milhões que serão destinados às cidades mais afetadas pela febre amarela no país / Foto: Agência Brasil

 

 

 

 

O Ministério da Saúde, a verba liberada hoje faz parte dos R$ 40 milhões que serão destinados às cidades mais afetadas pela febre amarela no país. A pasta também adiantará mais R$ 26,3 milhões que representam 40% dos recursos de vigilância em saúde. Os valores deverão ser aplicados em ações de prevenção na área de vigilância para a febre amarela.

Na última terça-feira (14), o governo federal também disponibilizou R$ 7,4 milhões para a assistência a pacientes com febre amarela em Minas Gerais, para cobrir despesas emergenciais por três meses.

Número de casos

O Ministério da Saúde atualizou as informações repassadas pelas secretarias estaduais de saúde sobre a situação da febre amarela no país. Até ontem (16), foram confirmados 253 casos da doença. Ao todo, foram notificados 1.246 casos suspeitos, sendo que 885 permanecem em investigação e 108 foram descartados.

Dos 199 óbitos notificados, 88 foram confirmados para febre amarela, 108 ainda são investigados e três foram descartados. Os estados de Minas Gerais, Espírito Santo e São Paulo confirmaram casos da doença. Bahia, Tocantins e Rio Grande do Norte continuam com casos em investigação.

Desde o início deste ano, o Ministério da Saúde enviou 12,7 milhões de doses extras da vacina contra febre amarela aos estados que estão registrando casos suspeitos da doença e àqueles que fazem divisa com áreas que tenham notificado casos.

 

Do NE10

Comandante da PM e chefe da Polícia Civil deixam o cargo em Pernambuco

whatsapp-image-2017-02-17-at-10.37.58

Às vésperas do carnaval, o comandante da Polícia Militar, coronel Carlos D’Alburque, e o chefe da Polícia Civil, delegado Antônio Barros, foram retirados das chefias nesta sexta-feira (17). O delegado Joselito Kehrle do Amaral, diretor Integrado Metropolitano, assume a Polícia Civil, enquanto a PM vai ser chefiada pelo coronel Vanildo Neves de Albuquerque Maranhão Neto, da Diretoria Integrada Especializada.

A cerimônia de transmissão de cargo acontece na segunda-feira (20). O atual comandante do Estado-Maior da PMPE, coronel André Cavalcanti, assume o subcomando da corporação e troca de posição com o coronel Adalberto Freitas, que passa a chefiar o Estado-Maior da Polícia Militar. Na Polícia Civil, o chefe-adjunto será o delegado Charles Gutiergues.

Em nota, o governador Paulo Câmara agradeceu “o apoio e a colaboração” dos ex-gestores. “Coronel Vanildo e o delegado Joselito têm a missão de trabalhar incansavelmente para que o Pacto Pela Vida obtenha os resultados positivos, garantindo a integração entre as polícias para a melhoria da Segurança Pública”, apontou o texto.

O estado vem registrando números crescentes de violência. Os dois comandantes das corporações vinham enfrentando pressão das entidades que representam os policiais civis e militares desde o ano passado. A revisão dos salários e as condições de trabalho foram uma reclamação constante das entidades.

comandantes-pmpc

Desde dezembro, policiais militares vem realizando uma operação-padrão como forma de protesto. Em janeiro deste ano, a Secretaria de Defesa Social (SDS), registrou 479 pessoas assassinadas no estado, uma média de 15 por dia.

O governo registrou, nos primeiros 31 dias do ano, 196 assaltos a ônibus no Grande Recife, média de seis por dia. O número diverge do computado pelo Sindicato dos Rodoviários, 526 crimes nos primeiros 45 dias do ano, o que significa uma média de 11 a cada 24 horas.

Reajuste

O projeto que prevê aumentos entre 25% e 40% para policiais e bombeiros militares de Pernambuco foi publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (17), após ser sancionado pelo governador Paulo Câmara. Foi publicado também o aumento da remuneração dos profissionais através do Programa de Jornada Extra de Segurança (PJES).

Além de propor correções nos salários nos meses de maio de 2017 e abril e dezembro de 2018, a lei nivela os salários dos militares com a Polícia Civil, segundo o governo. O reajuste representa um acréscimo de R$ 303 milhões na folha de pagamento de 2017.

Apesar de o governador alegar que a proposta atende às reivindicações dos PMs e bombeiros, os profissionais têm demonstrado, por meio de manifestações, o descontentamento com o percentual oferecido pelo estado. Atuando em Operação Padrão desde dezembro de 2016, os profissionais alegam que os valores não atendem aos anseios da tropa e ainda se queixam de más condições de trabalho.

Durante dois dias de votação na Alepe, os profissionais se reuniram do lado de fora da casa para esperar o desfecho da votação. Na terça (14), dia da votação em primeiro turno, a categoria recebeu a notícia da aprovação do projeto aos gritos de “não vai ter Galo”, sinalizando que a segurança do carnaval de Pernambuco seria comprometida devido aos votos de 32 deputados estaduais, favoráveis à proposta.

Do G1

Policias Civil e Militar desarticulam quadrilha de roubos de carga em PE

Quadrilha foi desarticulada em Quipapá  (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

 

 

 

As policias Civil e Militar desarticularam no fim da manhã dessa sexta-feira (17) um quadrilha de roubo de cargas na zona rural de Quipapá, na Mata Sul de Pernambuco. De acordo com a polícia, um carga de sandálias roubadas foi encontrada no distrito de Vila Nova.

Ainda segundo a informações das polícias, 14 homens suspeitos de envolvimento no caso foram detidos. Seis foram encontrados dentro de um carro próximo de onde estava o caminhão e a carga. Os outro oito homens estavam escondidos dentro do matagal.

O valor da carga ainda não foi avaliado e a polícia procura agora o dono do material. Os suspeitos foram levados a delegacia de Quipapá. (G1)

 

Quadrilha foi desarticulada em Quipapá (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Detran-PE informa que serviços estão sendo prestados, apesar da greve dos servidores

Imagem relacionada

O Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) informou, no início da tarde dessa sexta-feira (17), que serviços estão sendo prestados aos clientes, apesar da greve dos servidores, deflagrada na segunda-feira (13). Segundo a diretora de atendimento do órgão, Dirce Melo, motoristas podem contar com entrega de documentos, captura de imagens, além de obter informações. Atividades ocorrem nas lojas dos shoppings centers e na sede, na Zona Oeste do Recife.

Segundo o Detran-PE, também estão disponíveis a realização de exames teóricos e práticos já agendados. Nas Circunscrições Regionais de Trânsito do interior (Ciretrans), os serviços funcionam parcialmente.

Um dia depois da determinação de volta ao trabalho, o Sindicato dos Servidores do Departamento de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) informou que vai à Justiça, na tarde desta sexta-, para contestar a decisão do Judiciário. A categoria está em greve por tempo indeterminado desde segunda e suspendeu o atendimento na sede, na Zona Oeste do Recife, nas lojas dos shoppings centers e nas circunscrições do interior (Ciretrans).

De acordo com Fernando Coelho, um dos diretores do sindicato, no fim da tarde desta sexta, os advogados vão até o Tribunal de Justiça para justificar os motivos da paralisação. “O governo diz que estamos querendo aumento, mas, na verdade, cobramos a regularização do plano de saúde, que deveria ter ocorrido no ano passado”, observou.

O sindicato também informou que vai enfrentar a punição imposta pelo Tribunal de Justiça. A decisão de exigir a retomada imediata dos trabalhos no Detran-PE foi tomada pelo Judiciário na quinta-feira (16). O desembargador Eduardo Augusto de Paurá Peres estabeleceu uma multa diária de R$ 30 mil, em caso de descumprimento da decisão.

No texto, o desembargador baseou sua decisão pela Lei nº 7.783/89. Ele mencionou que o Detran-PE deveria ter sido notificado quanto a greve com uma antecedência mínima de 48 horas. Entretanto, a notificação só teria acontecido no dia em que o movimento paradista foi iniciado. A ação foi realizada em cumprimento a um pedido da Procuradoria Geral do Estado (PGE-PE). (G1)

Pai e filho são presos suspeitos de tráfico de droga em Serra Talhada

droga

 

 

 

Nessa quinta-feira (16), Policiais da Delegacia de Serra Talhada deram cumprimento a Mandado de Busca e Apreensão, expedido pelo Juiz de Direito da comarca de Serra Talhada, Dr. Marcus César, na residência de Antonio Limeira da Silva e do seu filho, Júnior Limeira da Silva.

Durante as buscas, foram apreendidas 77 (setenta e sete) pedras pequenas e 07  (sete) pedras de tamanho maior. Segundo a Polícia, as pedras maiores teriam a capacidade de produzir aproximadamente mais 70 pedras, totalizando cerca de 110 gramas do entorpecente.

Os suspeitos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Serra Talhada, onde ambos foram autuados em flagrante deleito por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Ao final, pai e filho foram conduzidos à audiência de custódia junto ao Poder Judiciário e encaminhados à cadeia Pública local, conforme decisão do douto magistrado.

 

Via Nayn Neto

 

Pesquisadora do Reino Unido visita Serra Talhada para estudar os impactos da globalização no meio rural

 

 

A pesquisadora italiana Francesca Fois, economista e doutora em Geografia Humana, da Universidade de Aberystwyth, localizada no País de Gales, no Reino Unido, encontra-se em Serra Talhada visitando famílias agricultoras acompanhadas pelo Centro de Educação Comunitária Rural (Cecor) pesquisando os impactos da globalização no meio rural.

Segundo Francesca, a pesquisa será realizada em todos os biomas brasileiros. “Começamos visitando um trecho da Mata Atlântica na Bahia, viemos aqui para o Semiárido e na sequência vamos para Porto Alegre pesquisar os impactos do agronegócio e exportação. Pesquisaremos ainda a conservação e desmatamento da Amazônia e o turismo rural da Chapada Diamantina”, relatou a pesquisadora.

Na região, estão sendo visitadas famílias de Serra Talhada e Santa Cruz da Baixa Verde que já tem cisternas de placas do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2) e/ou trabalham com a Agroecologia. “Nosso objetivo é investigar como os povos rurais são afetados pela globalização, como foi o desenvolvimento rural nas últimas décadas, a segurança alimentar e as estratégias alternativas de acesso à água durante a seca”, disse Francesca.

Governo de Pernambuco nomeia 2.677 professores aprovados em concurso

Imagem relacionada

Quinze dias após o início das aulas na rede estadual de ensino de Pernambuco, o governo do estado publicou, nesta sexta-feira (17), a nomeação dos 2.677 aprovados em concurso público para professor. A lista está no Diário Oficial de Pernambuco.

A seleção havia sido feita em meados de 2016 e homologada no dia 31 de dezembro, para diminuir a quantidade de funcionários temporários na Educação estadual. Nomeados serão convocados no prazo legal de 30 dias para realização de perícia médica e posse.

Atualmente Pernambuco possui 1.049 escolas, 37 mil professores e 610 mil estudantes. Do total de novos docentes, 2.333 são para as disciplinas de matemática, física, química, língua portuguesa e educação física. Outros 166 profissionais vão ser chamados para dar aulas de braille e para ser intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (Libras), ambos nos níveis médio e superior.

Outros 178 atuarão nos cursos de educação profissional nas áreas de ambiente e saúde, segurança do trabalho, controle e processos industriais, gestão e negócios, informação e comunicação, infraestrutura, produção cultural e design, hospitalidade e lazer. No Grande Recife, serão 1.071 novos professores nas escolas estaduais. Já no interior do estado serão 1.606 novos docentes.

Prometido para novembro, o concurso foi lançado em dezembro de 2015, com 1.950 vagas para a educação básica, destinadas a professores de ciências da natureza e matemática e suas tecnologias e os demais postos para professores de língua portuguesa e educação física.

Em entrevista concedida ao Bom Dia Pernambuco do dia 2 de fevereiro, o secretário de Educação do estado, Fred Amâncio, havia anunciado que o selecionados no concurso começariam a ser nomeados ainda neste mês. A seleção foi feita para diminuir a quantidade de funcionários temporários na rede estadual de ensino, uma das pautas de reivindicação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), que representa a categoria.

Na época, o diretor de Assuntos Educacionais da corporação, Heleno Araújo avaliou como ‘insuficiente’ a quantidade de vagas em relação com o déficit de professores efetivos na rede. Todo ano, segundo o Sintepe, o quadro de temporários varia entre 15 e 18 mil, quase 46% dos funcionários. Segundo ele, muitos contratos acabaram em 2016 e novas seleções para temporários começaram há pouco tempo, após o início das aulas.

O edital da seleção conta a oferta de 3 mil vagas distribuídas nas áreas da Educação Básica, Educação Especial e Educação Profissional. Ainda haverá a conclusão do certame para os profissionais de Biologia e instrutor de LIBRAS, com previsão de finalização para março deste ano. (G1)

Divulgadas as atrações do carnaval de Salgueiro, no Sertão de PE

Maiara e Maraisa fizeram um dos shows mais aguardados do Ribeirão Country Fest 2016 (Foto: Érico Andrade/G1)

 

 

 

Foi divulgada na noite desta quarta-feira (15), as atrações do carnaval de Salgueiro, no Sertão de Pernambuco. Entre os dias 24 e 28 de fevereiro, mais de 20 atrações farão apresentações em polos montados pela cidade. Entre as principais atrações está a dupla Maiara e Maraisa e os cantores Geraldinho Lins e Gabriel Diniz. Confira a programação completa.

Sexta-feira (24)
19h – Concurso das Virgens
21h – Gabriel Diniz / Participação de Jairoca de Tróia.

Sábado (25)
17h –  Percurso ACS – Palco – Banda Swinga Brasil
18h –  Abertura Carnaval das Crianças – Banda Barca Maluka
20h Tarcísio Black – Trio
20h Orquestra Cultura Pernambucana
22h Maestro Forró
00h Tayrone

Domingo (26)
17h – Bicharada Mestre Jaime – Bloco da Terceira Idade
18h – Mini-Percurso da Folia – Trio Peixinho e Banda Marana
19h Orquestra Frevo Bronzeado
20h Alan Cleber – Trio
21h Simplicidade
23h Geraldinho Lins

Polo Umãs
20h – Jairoca
22h – Marcilio Kynô

Segunda-feira (27)
18h- Percurso ACS – Palco – Banda D Tribus
20h – Banda Marana (Intervalos Palco)
20h – Jairoca de Tróia – Trio
23h – Carla Visi – Palco

Polo Conceição das Crioulas
18h – Banda Exóticos
20h – Swinga Brasil
22h- Tarcísio Black

Terça-feira (28)
18h Mini Percurso da Folia – Trio Peixinho e Banda Marana
19:30h Taciano Santos
20:30 Gilmelândia – Trio
23:30h Encerramento do Carnaval com Maiara e Maraisa
 

Do G1

Justiça determina que servidores do Detran-PE retomem atividades em até 24 horas

Resultado de imagem para Detran-PE

Uma decisão do Tribunal de Justiça de Pernambuco determina que os servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) retornem, imediatamente, às atividades. A categoria deflagrou greve no dia 13 deste mês. A determinação é do desembargador Eduardo Augusto de Paurá Peres e ainda estabelece uma multa diária de R$ 30 mil, em caso de descumprimento da decisão.

A determinação tem caráter de urgência e prevê o retorno em até 24 horas. De acordo com o sindicato dos servidores do órgão, a categoria deflagrou a greve que tinha sido decretada durante assembleia realizada no dia 8 de fevereiro.

No texto, o desembargador baseou sua decisão pela Lei nº 7.783/89. Ele menciona que o Detran-PE deveria ter sido notificado quanto a greve com uma antecedência mínima de 48 horas. Entretanto, a notificação só teria acontecido no dia em que o movimento paradista foi iniciado. A ação foi realizada em cumprimento a um pedido da Procuradoria Geral do Estado (PGE-PE).

Em resposta, o presidente do sindicato dos servidores do Detran-PE, Alexandre Bulhões, afirmou que a categoria não suspenderá a greve. “Vamos pagar a multa diária e continuar a greve. Essa foi uma decisão equivocada. Vamos contestar a decisão. A Justiça não para greve. Quem para greve é a assembleia dos servidores”, disse.

Movimento

Os serviços do Detran-PE foram suspensos por tempo indeterminado desde a segunda-feira (13). De acordo com o sindicato, não há expediente na sede, na Iputinga, na Zona Oeste do Recife, nos shoppings centers e nas circunscrições de trânsito (Ciretrans) do interior. Atendimentos ocorrem unidades do Expresso Cidadão, uma vez que lá atuam servidores de outras secretarias.

O presidente do sindicato, Alexandre Bulhões, informou que a categoria cobra itens pendentes da pauta de reivindicações entregue ao governo do estado em 2015 e em 2016. Um dos principais pontos é a questão relativa ao plano de saúde dos mais de 1.300 servidores.

Outras greves

Em 2016, os servidores do Detran-PE realizaram várias greves. Em agosto, houve redução dos serviços na sede. No dia 11 deste mês, os servidores do Detran-PE fizeram uma paralisação e só voltaram ao trabalho cinco dias depois. Eles reivindicavam a revisão dos termos de contrato do plano de saúde.

No dia 8, houve paralisação de expediente pela manhã. No dia 3, a categoria cruzou os braços por 24 horas. Todos os atos tiveram como objetivo exigir alterações no plano de saúde. Em março, os servidores fizeram uma greve de pouco mais de um mês. Na época, a categoria exigiu aumento do valor do tíquete-refeição.

Em março, teve início a grave de maior duração em 2016. O movimento só foi encerrado depois de mais de um mês. Na época, o presidente do sindicato, Alexandre Bulhões, informou que a categoria elaborou, em parceria com a presidência do órgão, um calendário especial para fazer a reposição dos dias parados e evitar mais prejuízos aos usuários. (G1)

Prova do Enem em um só dia pode gerar economia de R$ 646 mil com sabatistas

cadernoenem

Termina às 23h59 desta sexta-feira (17) o prazo para responder as perguntas da consulta pública sobre as mudanças no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Com a consulta, no ar desde o dia 18 de janeiro, o Ministério da Educação (MEC) quer referendar a possibilidade de aplicar o exame em apenas um dia, no domingo, e não mais em dois.

Caso isso ocorra, o governo vai atender a uma antiga reclamação dos sabatistas, candidatos que por questão religiosa só podem estudar ou trabalhar no sábado após o sol se pôr. Todos os anos eles entram para as provas às 13h (pelo horário de Brasília) junto com os demais candidatos, e ficam isolados em uma sala para começar o exame somente às 19h. No Acre, por conta do fuso horário, o tempo de espera chega a 9h.

Segundo o Inep, responsável pela aplicação do exame, cada candidato sabatista custa para o governo R$ 16,39 a mais do que os demais participantes, por conta das despesas extras de ter de aplicar o exame no período noturno. Como o custo médio de cada participante é R$ 68,71, o sabatista gera uma despesa de R$ 85,10 para o MEC.

Se a regra estivesse vigorando no ano passado, o governo teria economizado cerca de R$ 646 mil com os 76 mil sabatistas que fizeram as provas. No total, o exame de 2016 foi o mais caro da história com custo de R$ 788 milhões e arrecadação de R$ 136 milhões com inscrições.

Além da pergunta sobre se a aplicação do Enem deve manter o formato atual, em dois dias, ou ser realizada em apenas um, com uma prova de até 100 questões e redação, e 5 horas e 30 minutos de duração, a consulta possui mais outras três questões. A segunda questão complementa a anterior.

 Caso o exame continue sendo aplicado em dois dias, ela pergunta aos cidadãos que dias deveriam ser adotados: domingo e segunda-feira (que se tornaria um feriado escolar), dois domingos seguidos ou a manutenção do formato atual, com provas no sábado e domingo. Em todos os casos será mantida a redação, segundo o governo.

Na última atualização, até as 8h desta quinta-feira (16), segundo o Inep a consulta havia recebido 570 mil respostas. As perguntas podem ser respondidas pelo portal www.inep.gov.br.

O governo anunciou que o edital do Enem 2017 com as possíveis mudanças será divulgado no mês de março.

consulta-2