Vem aí o IV Festival Vamos Fazer Poesia em São José do Belmonte

 

 

 

O Jornal Desafio, através do seu diretor-presidente, o poeta Iranildo Marques, realiza no final do mês de abril, data que marca o seu aniversário, o Festival Vamos Fazer Poesia! Neste ano, será realizado precisamente no dia 29 de abril. A inscrição é feita através das redes sociais, principalmente pelo Facebook. Poetas de todo Nordeste participam desde a primeira edição. O projeto tem como finalidade, apoiar e preservar os poetas glosadores. Em cada ano, são divulgados quatro MOTES e os poetas GLOSAM e enviam através de e-mail e consequen-temente serão selecionados e editados através de uma coletânea que será lançada no dia do evento, onde uma banca de jurados, irão classificar os 10 melhores poetas do ano. O primeiro colocado receberá uma autorização para ser publicada a sua obra literária (POESIA), serão 500 exemplares contendo 100 páginas e os demais serão agraciados com um troféu. O convite segue nas redes sociais e a inscrição estará aberta até o dia 30 de março. Qualquer poeta poderá participar da festa da poesia, basta fazer a inscrição. Veja abaixo o convite que circula no Facebook.

O IV FESTIVAL VAMOS FAZER POESIA, será realizado na cidade de São José do Belmonte-PE, 45 km de Serra Talhada-PE, no dia 29 de abril de 2017, no CLUBE DE CAMPO RANCHO DAS ÁGUAS.

Adquira já sua mesa para o IV Festival Vamos Fazer Poesia pelos fones: (87) 9.9956-4137 / (87) 9.99564133 

A abertura do evento será às 12h com os repentistas: VALDIR TELES E DIOMEDES MARIANO.

Às 13h os poetas subirão ao palco para declamar (ler) os versos.

Às 17 ou 18h, após todos os poetas se apresentarem, acontecerá o anúncio dos 10 melhores poetas do ano e o GRANDE VENCEDOR DO FESTIVAL.

Logo após, haverá forró Pé-de-Serra, até certas horas da noite.

Cada poeta pré-inscrito, confirmará através do Facebook ([email protected]) a inscrição ou através do e-mail: [email protected]) Em seguida será enviado o edital do Festival.
A inscrição custará R$ 50,00 e o poeta receberá um exemplar da obra editada com todos os poetas participantes no dia do evento.

O IV FESTIVAL VAMOS FAZER POESIA, homenageará O POETA ZÉ DE CAZUZA, que se fará presente.
E a Homenagem Póstuma desse ano será para o grande POETA JOSÉ LOPES NETO – ZÉ CATOTA.

OS MOTES PARA SEREM GLOSADOS SÃO:

MOTE 01:
O JORNAL DESAFIO MARCA A HISTÓRIA
REGISTRANDO AS NOTÍCIAS DO SERTÃO!
(Mote do poeta idealizador do festival: Iranildo Marques-relacionado ao Jornal Desafio que patrocina o evento e completou 28 anos de história)

MOTE 02:
“VOCÊ QUER, SEM QUERER, NÃO SE LEMBRAR
MAS DE MIM TEM SAUDADES TODO DIA!”
(Charliton Patriota)

MOTE: 03:
“NO OITÃO DUM CASEBRE ABANDONADO
UM PASSADO FELIZ MAGOA A GENTE”
(Zé de Cazuza)

MOTE: 04:
“O NORDESTE É UM CELEIRO
DE CULTURA E COISA BOA”
(Diomedes Mariano)
Poetas já confirmados:
001 – Iranildo Marques – Serra Talhada-PE
002 – Plácido Plácido F. do Amaral Jr. – Caicó-RN
003 – Jadson Lima – Serra Talhada-PE
004 – Melchior Sezefredo Machado – João Pessoa-PB
005 – Rena Bezerra – São José de Princesa-PB
006 – Jmarley Saraiva – Barro-CE
007 – João Bosco Santos-Poção-PE
008 – Otacilio Pires – Tabira-PE
009 – Jonnata Henrique – Brejo da Madre de Deus-PE
010 – Eliane Valença Correia – Recife-PE
011 – Vinícius Vinicius Sales – Exu-PE
012 – Damião De Andrade Lima- São José do Egito-PE
013 – Armando Medeiros -Princesa Isabel-PB
014 – Henrique Brandão – Serra Talhada-PE
015 – Simplício Lira Pio – Serra Talhada-PE
016 – João Luckwu – Serra Talhada-PE
017 – Toinho de Triunfo – Triunfo-PE
018 – Lucenir Silva – Triunfo-PE
019 – Anchieta Dali – S. J. do Belmonte-PE
020 – José Ferreira Júnior – Serra Talhada-PE
021 – Junior Vieira – Brejo da Madre de Deus-PE
022 – José Gomes – Calumbi-PE
023 – Magnus Kelly – Caicó-RN
024 – Francisca Araújo – Iguaracy-PE
025 – Poetisa Juciana Miguel – Quixadá-CE
026 – Edmilton Torres – Pesqueira-PE
027 – Silvano Lyra – Olinda-PE
028 – Zeza Holanda Itapipoca-CE
029 – Francisco Maia – Caicó-RN
030 – Lucélia Santos – Patu-RN
031 – Kayo Ramos – Afogados da Ingazeira-PE
032 – Jayres Fernandes – Teixeira-PB
033 – Neci Lopes de Almeida – Itapetim-PE
034 – Maria Merces Moura- Lustosa-BA
035 – Israel Batista de Sousa- Várzea Alegre-CE
036 – Maurílio Américo – Rio Grande do Norte
037 – Maria de Jesus – Serra Talhada-PE
038 – Renato Santos – São José do Egito-PE
039 – Galdencio Pereira – Sertânia-PE
040 – France QM – Fortaleza-CE
041 – Carlos Renier Azevedo -Montes Claros-MG
042.- Gilberto Cavalcante – Santa Terezinha-PE
043 – Risollene Sílva Santos – S.V. do Seridó-PB
044 – Natanael Silva – Santa Rita-PB
045 – Ely Cabral – João Pessoa-PB
046 – Amauri Sales – Camalaú-PB
047 – Nilma Souza – Riacho de Santana-RN
048 – Everaldo Leite – São José do Egito-PE
049 – Robson Renato Sales do Nascimento – Pau dos Ferros-RN
050 – Francisco Evangelista – Ilha de Paquetá – RJ
051 – Neto Caçula – Princesa Isabel-PB
052 – Luiz Gonzaga – Limoeiro do Norte-CE
053 – Bandeira Jr. Caucaia-CE
054 – Angelica Costa – Camalau-PB
055 – Raul Levyr – Juazeiro do Norte-CE
056 – Luiz Esperantivo – Orobó-PE
057 – Maria da Silva Farias – São José do Egito-PE
058 – Acrísio Pereira – Brejo Santo-CE
059 – Karl Marx – Serra Talhada-PE
060 – Mundoca Neto – Lavras Mangabeira-CE
061 – Nelson Nunes Farias – Prata- PB
062 – Ramon Medeiros -Patos-PB
063 – Valter Leal – Pesqueira-PE
064 – Severino Araújo – Jaboatão dos Guararapes-PE
065 – Kayson Oliveira – São José do Belmonte-PE
066 – Cicero Moraes – São José do Belmonte-PE
067 – Sônia Gervásio – Caruaru-PE
068 – Jennifer Amorim – Cabo de Santo Agostinho-PE
069 – Severino Melo – Recife-PE
070 – Jadilson Ferraz – Petrolândia-PE
071 – Estela Mares – Cabo de Santo Agostinho-PE
072 – Lucas Andrade – Caicó-RN
073 – Vanilson Cabeção – Serra Talhada-PE

Poetas que participaram do III Festival Vamos Fazer Poesia

Inscrições abertas até o dia 10 de abril.
Poetas de todo o Nordeste!

Atenção meus amigos poetas!
OS MOTES NÃO PODERÃO SER GLOSADOS
E DIVULGADOS EM REDES SOCIAIS!

Vem aí o IV Festival Vamos Fazer Poesia

 

 

 

O Jornal Desafio, através do seu diretor-presidente, o poeta Iranildo Marques, realiza no final do mês de abril, data que marca o seu aniversário, o Festival Vamos Fazer Poesia! Neste ano, será realizado precisamente no dia 29 de abril. A inscrição é feita através das redes sociais, principalmente pelo Facebook. Poetas de todo Nordeste participam desde a primeira edição. O projeto tem como finalidade, apoiar e preservar os poetas glosadores. Em cada ano, são divulgados quatro MOTES e os poetas GLOSAM e enviam através de e-mail e consequen-temente serão selecionados e editados através de uma coletânea que será lançada no dia do evento, onde uma banca de jurados, irão classificar os 10 melhores poetas do ano. O primeiro colocado receberá uma autorização para ser publicada a sua obra literária (POESIA), serão 500 exemplares contendo 100 páginas e os demais serão agraciados com um troféu. O convite segue nas redes sociais e a inscrição estará aberta até o dia 30 de março. Qualquer poeta poderá participar da festa da poesia, basta fazer a inscrição. Veja abaixo o convite que circula no Facebook.

O IV FESTIVAL VAMOS FAZER POESIA, será realizado na cidade de São José do Belmonte-PE, 45 km de Serra Talhada-PE, no dia 29 de abril de 2017, no CLUBE DE CAMPO RANCHO DAS ÁGUAS.

Adquira já sua mesa para o IV Festival Vamos Fazer Poesia pelos fones: (87) 9.9956-4137 / (87) 9.99564133 

A abertura do evento será às 12h com os repentistas: VALDIR TELES E DIOMEDES MARIANO.

Às 13h os poetas subirão ao palco para declamar (ler) os versos.

Às 17 ou 18h, após todos os poetas se apresentarem, acontecerá o anúncio dos 10 melhores poetas do ano e o GRANDE VENCEDOR DO FESTIVAL.

Logo após, haverá forró Pé-de-Serra, até certas horas da noite.

Cada poeta pré-inscrito, confirmará através do Facebook ([email protected]) a inscrição ou através do e-mail: [email protected]) Em seguida será enviado o edital do Festival.
A inscrição custará R$ 50,00 e o poeta receberá um exemplar da obra editada com todos os poetas participantes no dia do evento.

O IV FESTIVAL VAMOS FAZER POESIA, homenageará O POETA ZÉ DE CAZUZA, que se fará presente.
E a Homenagem Póstuma desse ano será para o grande POETA JOSÉ LOPES NETO – ZÉ CATOTA.

OS MOTES PARA SEREM GLOSADOS SÃO:

MOTE 01:
O JORNAL DESAFIO MARCA A HISTÓRIA
REGISTRANDO AS NOTÍCIAS DO SERTÃO!
(Mote do poeta idealizador do festival: Iranildo Marques-relacionado ao Jornal Desafio que patrocina o evento e completou 28 anos de história)

MOTE 02:
“VOCÊ QUER, SEM QUERER, NÃO SE LEMBRAR
MAS DE MIM TEM SAUDADES TODO DIA!”
(Charliton Patriota)

MOTE: 03:
“NO OITÃO DUM CASEBRE ABANDONADO
UM PASSADO FELIZ MAGOA A GENTE”
(Zé de Cazuza)

MOTE: 04:
“O NORDESTE É UM CELEIRO
DE CULTURA E COISA BOA”
(Diomedes Mariano)
Poetas já confirmados:
001 – Iranildo Marques – Serra Talhada-PE
002 – Plácido Plácido F. do Amaral Jr. – Caicó-RN
003 – Jadson Lima – Serra Talhada-PE
004 – Melchior Sezefredo Machado – João Pessoa-PB
005 – Rena Bezerra – São José de Princesa-PB
006 – Jmarley Saraiva – Barro-CE
007 – João Bosco Santos-Poção-PE
008 – Otacilio Pires – Tabira-PE
009 – Jonnata Henrique – Brejo da Madre de Deus-PE
010 – Eliane Valença Correia – Recife-PE
011 – Vinícius Vinicius Sales – Exu-PE
012 – Damião De Andrade Lima- São José do Egito-PE
013 – Armando Medeiros -Princesa Isabel-PB
014 – Henrique Brandão – Serra Talhada-PE
015 – Simplício Lira Pio – Serra Talhada-PE
016 – João Luckwu – Serra Talhada-PE
017 – Toinho de Triunfo – Triunfo-PE
018 – Lucenir Silva – Triunfo-PE
019 – Anchieta Dali – S. J. do Belmonte-PE
020 – José Ferreira Júnior – Serra Talhada-PE
021 – Junior Vieira – Brejo da Madre de Deus-PE
022 – José Gomes – Calumbi-PE
023 – Magnus Kelly – Caicó-RN
024 – Francisca Araújo – Iguaracy-PE
025 – Poetisa Juciana Miguel – Quixadá-CE
026 – Edmilton Torres – Pesqueira-PE
027 – Silvano Lyra – Olinda-PE
028 – Zeza Holanda Itapipoca-CE
029 – Francisco Maia – Caicó-RN
030 – Lucélia Santos – Patu-RN
031 – Kayo Ramos – Afogados da Ingazeira-PE
032 – Jayres Fernandes – Teixeira-PB
033 – Neci Lopes de Almeida – Itapetim-PE
034 – Maria Merces Moura- Lustosa-BA
035 – Israel Batista de Sousa- Várzea Alegre-CE
036 – Maurílio Américo – Rio Grande do Norte
037 – Maria de Jesus – Serra Talhada-PE
038 – Renato Santos – São José do Egito-PE
039 – Galdencio Pereira – Sertânia-PE
040 – France QM – Fortaleza-CE
041 – Carlos Renier Azevedo -Montes Claros-MG
042.- Gilberto Cavalcante – Santa Terezinha-PE
043 – Risollene Sílva Santos – S.V. do Seridó-PB
044 – Natanael Silva – Santa Rita-PB
045 – Ely Cabral – João Pessoa-PB
046 – Amauri Sales – Camalaú-PB
047 – Nilma Souza – Riacho de Santana-RN
048 – Everaldo Leite – São José do Egito-PE
049 – Robson Renato Sales do Nascimento – Pau dos Ferros-RN
050 – Francisco Evangelista – Ilha de Paquetá – RJ
051 – Neto Caçula – Princesa Isabel-PB
052 – Luiz Gonzaga – Limoeiro do Norte-CE
053 – Bandeira Jr. Caucaia-CE
054 – Angelica Costa – Camalau-PB
055 – Raul Levyr – Juazeiro do Norte-CE
056 – Luiz Esperantivo – Orobó-PE
057 – Maria da Silva Farias – São José do Egito-PE
058 – Acrísio Pereira – Brejo Santo-CE
059 – Karl Marx – Serra Talhada-PE
060 – Mundoca Neto – Lavras Mangabeira-CE
061 – Nelson Nunes Farias – Prata- PB
062 – Ramon Medeiros -Patos-PB
063 – Valter Leal – Pesqueira-PE
064 – Severino Araújo – Jaboatão dos Guararapes-PE
065 – Kayson Oliveira – São José do Belmonte-PE
066 – Cicero Moraes – São José do Belmonte-PE
067 – Sônia Gervásio – Caruaru-PE
068 – Jennifer Amorim – Cabo de Santo Agostinho-PE
069 – Severino Melo – Recife-PE
070 – Jadilson Ferraz – Petrolândia-PE
071 – Estela Mares – Cabo de Santo Agostinho-PE
072 – Lucas Andrade – Caicó-RN
073 – Vanilson Cabeção – Serra Talhada-PE

Poetas que participaram do III Festival Vamos Fazer Poesia

Inscrições abertas até o dia 10 de abril.
Poetas de todo o Nordeste!

Atenção meus amigos poetas!
OS MOTES NÃO PODERÃO SER GLOSADOS
E DIVULGADOS EM REDES SOCIAIS!

Sanfoneiro Belmontense vem se destacando na Europa

03

 

 

Jackson da Sanfona, Sanfoneiro, Pernambucano de São José do Belmonte-PE. Faz shows esse final de semana nos dias 16/12 em Amsterdam-Holanda, 17/12 em Bruxelas-Bélgica e no dia 18/12 em Paris-França. Levando o nome da nossa cidade e a nossa cultura  representando o  forró pé-de-serra com um show exclusivo em comemoração na semana nacional do forró em homenagem aos 104 anos de Luiz Gonzaga na Europa.

02

01

Por Cícero Moraes

Prefeitura de Serra Talhada promove curso de palhaçaria destinado aos jovens; veja como fazer sua inscrição!

palhaco

 

 

 

Em parceria com a Secretaria de Cultura e Turismo da Prefeitura Municipal de Serra Talhada, a CIA 2 EM CENA trás a Serra Talhada um curso de palhaçaria destinado aos jovens que queiram enveredar pelos caminhos das artes cênicas, conforme orientação da SECULT/ST em formar profissionais da arte de encenar, estimular a formação de plateia e, principalmente, aquecer a cena artística da Capital do Xaxado.

Fundada em 2007, pelos artistas e produtores culturais Arnaldo Rodrigues e Alexsandro Silva, a CIA. 2 EM CENA vem a cada dia se consolidando como um importante núcleo de pesquisa e produção cultural nos segmentos de teatro, circo e dança. No âmbito do circo a companhia desenvolve desde 2007 a pesquisa “Laboratório de Palhaçaria”, e a partir dela criou uma série de ações culturais que vão desde os espetáculos de repertório da trupe as ações de formação e difusão do circo tradicional brasileiro.

A companhia tem como missão promover o acesso à arte e a cultura através da criação de produtos culturais, desenvolvidos com qualidade e ética, que possam ser apresentados em espaços variados, buscando valorizar as culturas e tradições brasileiras, e a partir delas desenvolver uma estética própria de trabalho.

As ações de formação e capacitação de artistas e técnicos compõem um eixo importante dentro da estrutura de gestão da companhia viabilizando projetos como: Parcerias com entidades culturais para formação em Palhaçaria, a realização do CURSO INICIAÇÃO À PALHAÇARIA e o PROJETO CENA JOVEM – Curso de gestores de grupos teatrais.

Em 2016, através do incentivo do FUNCULTURA 2014/2015, o Projeto “E O PALHAÇO O QUE É? Curso 2 em Cena de Iniciação à Palhaçaria” será realizado no Sertão do Pajeú no município de Serra Talhada, descentralizando assim as ações de formação e capacitação em artes circenses do eixo capital-região metropolitana. Com uma carga horária de 120 horas/aulas o referido curso terá a duração de dois meses e traz na grade curricular as seguintes disciplinas:

  1. História da Palhaçaria,
  2. Voz, som e comicidade,
  3. Corpo e comicidade,
  4. Palhaçaria I – O Palhaço e o jogo infantil,
  5. Palhaçaria II – A máscara e a técnica do Palhaço,
  6. Indumentária e maquiagem para o Palhaço,
  7. Montagem de números.

“Mesmo contando com o incentivo do FUNCULTURA, a Secretária de Cultura e Turismo do município de Serra Talhada viabiliza toda a parte de estrutura para a realização do projeto, pois nossos artistas são sedentos de conhecimentos”, afirma o Anildomá de Souza. O curso é completamente gratuito. E as inscrições poderão serem feitas no CEU das Artes e no Museu do Cangaço. Os dias do curso estão na tabela ao lado. E os horários serão indicados no ato da inscrição.

CRONOGRAMA DE REALIZAÇÃO DO PROJETO

DATA DISCIPLINA OFICINEIROS PRODUTOR RESPONSÁVEL
22/10/2016 História da Palhaçaria Jerlâne SilvaMonitoria: Thaís Silva Alexsandro Silva
23/10/2016 História da Palhaçaria Jerlâne SilvaMonitoria: Thaís Silva Alexsandro Silva
29/10/2016 Voz, sons e comicidade Davison WescleyFlávio Santana Alexsandro Silva
30/10/2016 Voz, sons e comicidade Davison WescleyFlávio Santana Alexsandro Silva
02/11/2016 Corpo e comicidade Arnaldo Rodrigues Alexsandro Silva
05/11/2016 Palhaçaria I Paula de TássiaMonitoria: Cindy Fragoso Arnaldo Rodrigues
06/11/2016 Palhaçaria I Paula de TássiaMonitoria: Cindy Fragoso Arnaldo Rodrigues
12/11/2016 Corpo e comicidade Arnaldo Rodrigues Alexsandro Silva
13/11/2016 Palhaçaria II Alexsandro Silva Arnaldo Rodrigues 
15/11/2016 Corpo e comicidade Arnaldo Rodrigues Alexsandro Silva
19/11/2016 Corpo e comicidade Arnaldo Rodrigues Alexsandro Silva
20/11/2016 Palhaçaria II Alexsandro Silva Arnaldo Rodrigues
26/11/2016 Corpo e comicidade Arnaldo Rodrigues Alexsandro Silva
27/11/2016 Palhaçaria II Alexsandro Silva Arnaldo Rodrigues
03/12/2016 Palhaçaria II Alexsandro Silva Arnaldo Rodrigues
04/12/2016 Montagem de números Alexsandro Silva Arnaldo Rodrigues
10/12/2016 Indumentária e caracterização André Ramos Arnaldo Rodrigues
11/12/2016 Indumentária e caracterização André Ramos Arnaldo Rodrigues
17/12/2016 Montagem de números Alexsandro Silva Arnaldo Rodrigues
18/12/2016 Montagem de números Alexsandro Silva Arnaldo Rodrigues
18/12/2016 Culminância do Projeto Alexsandro Silva Arnaldo Rodrigues

Assisão e Cabras de Lampião se apresentam nas Paralimpíadas do Rio

assisao

 

 

 

O grupo de Xaxado Cabras de Lampião e o Cantor serra-talhadense Assisão, embarcam para o Rio de Janeiro, onde participam da programação cultural das Paralimpíadas. O ator Karl Marx foi antes do grupo, pois se apresentou no domingo, dia 11, juntamente com o Quinteto Violado. Para o ator, a participação de Serra Talhada em um evento dessa magnitude só comprova a riqueza cultural na qual o município está inserido.

“Nós da Fundação Cabras de Lampião nos sentimos honrados de fazer parte de uma apresentação tão importante. Durante todo o evento, vários pontos da cidade será palco para diversas manifestações artísticas e Serra Talhada se mostra como arte e tradição para o mundo inteiro”, afirma Marx.

O grupo se apresenta sozinho na próxima quinta, dia 15, às 19h. Logo em seguida, o grupo se apresenta com o cantor Assisão, às 19h40.

 

Do Blog Rochany Rocha

Em Serra Talhada, fé e tradição na 3ª Missa do Vaqueiro e Cavalgada da União de Santa Rita

 

 

Com intuito de fortalecer a fé do sertanejo, os laços de amizade, preservar as raízes e valorizar o homem do campo, surgiu em 2014 no distrito de Santa Rita em Serra Talhada, a “Missa do Vaqueiro e Cavalgada União”.

Neste domingo (21), o evento reuniu centenas de vaqueiros, que além de receber as bênçãos da padroeira Santa Rita de Cássia, desfilaram pelas principais do distrito e receberam o prêmio pela melhor indumentária: gibão, chapéu de couro e bota.

A missa foi celebrada pelo padre Jorge Adjan da Silva Leite, do município de Solidão, que trouxe uma mensagem de fé e entoou cânticos do saudoso Luiz Gonzaga, como: “A morte do Vaqueiro”.

A 3ª Missa e Cavalgada da União foi prestigiado pelos candidatos a prefeito e vice, pela coligação “O Trabalho Vai Continuar”, Luciano Duque e Márcio Oliveira.

O evento foi organizado pela Assistente Social, Erica Inácio.

Fonte e fotos: Júnior Campos

Histórias de agricultores são contadas em literatura de cordel em Serra Talhada

Essa

 

 

As histórias do homem e da mulher do campo foram contadas em três livros em forma de cordel em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco. A iniciativa foi da Organização Não Governamental Centro de Educação Comunitária Rural. Os livros foram distribuídos gratuitamente para famílias agricultores do município.

Os livros “Meu Sertão, Antes e Hoje”, “O Exemplo das Abelhas” e “A Mulher do Meu Sertão”  contêm histórias de várias famílias agricultoras e apicultoras. Através de versos e xilogravuras é possível conhecer o trabalho e as experiências do homem e da mulher que trabalham com agricultura no Sertão.

O presidente da Ong Cecor e autor do livro “Meu Sertão, Antes e Hoje”, Josué Moreno, disse que não foi difícil escrever o livro, mas conceber o projeto. “Quando se vive no meio de uma luta, de uma categoria, é fácil conhecer e escrever sobre isso”. Já Manoel Barbosa dos Anjos, autor de “O Exemplo das Abelhas”, contou que tem duas paixões na vida: a apicultura e os versos. Para ele, a organização que as abelhas têm é um exemplo para a sociedade.

As agricultoras Lucilene Gomes do Nascimento Silva e Maria Aparecida Pereira receberam os exemplares dos livros em casa. Em entrevista à TV Asa Branca, elas disseram que ficaram felizes por ter histórias reconhecidas e contadas no livro “A Mulher do Sertão”. “Fico feliz por todas as agricultoras que antes eram dependentes do marido e hoje têm independência”, disse Maria Aparecida.

A autora do livro, Kátia Gonçalves, destacou que o empoderamento da mulher através da comunicação popular foi determinante para que as histórias pudessem ser contadas. Ela disse que tratou, entre outros assuntos, sobre os direitos da mulher agricultora. “[Fiz de uma forma] que não só [a agricultora] daqui, mas de todo o semiárido e de qualquer lugar possa conhecer essa fortaleza que é hoje a mulher do campo”. (G1)

Clique aqui para conferir a reportagem completa do ABTV 1ª Edição.

Dupla de sanfoneiros Mirins visitam a sede do Jornal Desafio Online

Sanfoneiros mirins

 

 

O Jornal Desafio Online recebeu uma visita importante na última segunda-feira (27) dos sanfoneiros mirins, Mikhael Johab dos Santos AmaroNatália Gomes dos Santos Silva e o zabumbeiro, João Pedro Gomes Santos Silva, que vieram à nossa redação para mostrar o que de melhor sabem fazer, tocar o autêntico FORRÓ PÉ DE SERRA NORDESTINO.

No embalo do São João, festa tradicional Nordestina, o trio tocou diversas músicas alegrando os trabalhos do JD ONLINE, entre elas: “Na Emenda”, que tem como autor o Trio Nordestino. Confira abaixo no vídeo a apresentação dos jovens talentos na sede do JD.

Conheça mais  um pouco dos três jovens talentos:

Mikhael Johab dos Santos Amaro, 13 anos, conhecido como Mikhael do forró, é filho de Serra Talhada, estuda na Escola Santa Izabel, está no 8º ano. Toca Sanfona, inspirado pelo Professor Léo de Nezinho que ensina e dá valor aos  artistas da nossa terra como: Assisão, Rui Grudi, Naldinho, Humberto Cellus e tantos outros abrilhantam um verdadeiros berço de Poetas e Sanfoneiros. Mikhael já recebeu Moção de Aplausos na Câmara de Vereadores de Serra Talhada, elogios da Promotoria de Justiça na pessoa do Dr. Vandeci de Sousa Leite – Promotor do Munício de Serra Talhada, participando de várias apresentações como: Arraial da Escola Santa Izabel, Promotoria da Comarca de Serra Talhada, Câmara de Vereadores de Serra Talhada, Pega de boi na fazenda, em Nazaré do Pico, com a dupla Cleitinho & Menininho, na fazenda São Miguel, no Arraial da FACIIST- Faculdade de Ciências da Saúde de Serra Talhada.

Natália Gomes dos Santos Silva, 13 anos, é filha de Serra Talhada, estuda na Escola Irnero Ignácio em Serra Talhada, está no 8º ano. É bisneta de seu Nogueira, mais conhecido como Maestro Nogueira do Clube O “Batukão”, há seis  meses que toca Sanfona, tendo como instrutor e professor de acordeon Leonardo, conhecido popularmente como Léo de Nezinho, além de acordeon, ela toca violão, pandeiro, zabumba. Tendo várias apresentações: na Câmara de Vereadores de Serra Talhada, na Quadra de Esportes Patú no arraial da FACCIST- Faculdade de Ciências da Saúde de Serra Talhada, além de apresentações em várias festividades locais.

João Pedro Gomes Santos Silva 16 anos, filho de Serra Talhada, estuda na Escola Irnero Ignácio, está no 3º ano do ensino médio, é Zabumbeiro dos sanfoneiros mirins, com um ano que toca o instrumento. Além de tocar zabumba, também toca violão, triângulo, pandeiro e instrumento de percussão.

Jornal Desafio Online, divulgando a arte e a cultura da nossa gente.

Contato para shows: (87) 9 9997-0409  / (87) 9 9911-3412 / (87) 9 9911-3412.

Nazaré do Pico foi palco do Cariri Cangaço 2016

01

 

 

Ontem (27), o povoado de Nazaré do Pico, foi palco para o segundo dia do evento CARIRI CANGAÇO 2016. Esse evento é realizado por inúmeros escritores e pesquisadores do tema no intuito de fazer visitas técnicas aos locais de combates dos cangaceiros e forças volantes da época. Há anos que o povoado de Nazaré do Pico desejava esse evento para “mostrar o outro lado da moeda” , homenageando assim seus inúmeros heróis combatentes da época cangacerística.

O evento contou com a participação dos renomados escritores Manoel Severo Barbosa, Ivanildo Silveira, João de Sousa Lima, Aderbal Nogueira, Narcisio Dias, Kyldemir Dantas, Geraldo Ferraz Torres Filho, Jorge Remigio, Oleone Coelho, Archimedes Marques, Leonardo Ferraz Gominho, Juliana Pereira e diversos pesquisadores e amantes do tema no quilate de José Tavares Araujo, Luiz Antonio, Luiz Abreu, Cristiano Ferraz e Marcos de Carmelita, esses últimos lançando um novo livro sobre tema. Houve palestras e visitas às fazendas Jenipapo e Ema, onde nesta última, aconteceu brilhante encontro de bacarmateiros com seus mosquetões e riúnas estrondando tiros para a alegria dos presentes à visitia ao cemiterio local. A tarde, após o almoço, houve uma pequena e cobiçada apresentação do cantor Assisão, cantando alguns de seus sucessos para deleite dos inúmeros visitantes ao povoado.

A organização primorosa do evento foi incumbida a Mabel Nogueira, Rubelvan Lira, Netinho Flor, Amelia Araujo, Socorro Lira, Zinho Flor, Abimael Lira, Manoel Serafim Cornélio, Antenor Araújo Sobrinho, demais familiares e moradores da região.

04

0203  05

III Grande Encontro reunirá Flávio Leandro, Rai e Henrique Brandão nessa sexta-feira (29) em Serra Talhada

13124429_1543488829281269_8886866288569497704_n

 

 

Logo mais às 22h00 no Clube da AABB em Serra Talhada-PE, acontecerá o III Grande Encontro, com grandes nomes da música regional: Flávio Leandro, Rai de Serra e Henrique Brandão.

Segundo Rai de Serra que está promovendo o evento, a expectativa de público é que pelo menos mil pessoas compareceram ao Clube da AABB para curtir uma sexta-feira de muita música e poesia.

Os ingressos individuais estão sendo comercializados na Farmácia Santa Clara, no Centro de Serra Talhada, por R$ 35,00 e as mesas para quatro pessoas por R$ 140,00 com direito a um CD do cantor Henrique Brandão. Há também a opção de fazer reservas e buscar ingressos e mesas com a organização do evento pelos telefones: (87) 9 9925-3426 e (87) 9 8822-9078. Não fique de fora desse grande encontro da música nordestina!