Serra Talhada recebe o Afogados da Ingazeira pela 2ª rodada do Hexagonal da Permanência

Serra x Afogados

 

 

 

O Hexagonal da Permanência chega à sua 2ª rodada neste domingo (05). O Serra Talhada vai receber o time do Afogados da Ingazeira, às 16h00, no Estádio Pereirão, em busca de mais uma vitória na competição Estadual, após ter vencido o América na 1ª rodada fora de casa. A laranja mecânica ocupa a vice-liderança, ficando atrás do Flamengo por causa do saldo de gols.

Já a Coruja busca marcar os seus primeiros três pontos nesta fase do Pernambucano A1/2017. Depois de perder diante de sua torcida para o Flamengo de Arcoverde, o time recém-promovido à elite Estadual precisa vencer o duelo contra o Serra Talhada para ficar em uma posição mais confortável no campeonato.

 

Da FPF-PE

Serra Talhada vence o América fora de casa pela primeira rodada do Hexagonal da Permanência

América 1x2 Serra Talhada

 

 

 

Os visitantes se deram bem na 1ª rodada do hexagonal da Permanência do Campeonato Pernambucano realizada nesta quarta-feira (01). Jogando no estádio Ademir Cunha, o Serra Talhada bateu o América-PE por 2 a 1. Os gols do Lampião foram anotados por Edson Pitbull, e Thiago diminuiu para o Mequinha.

Na segunda rodada o Serra Talhada duela contra o Afogados da Ingazeira no próximo domingo (05) no estádio Pereirão, às 16h00, já o América-PE enfrenta o Vitória também no próximo domingo (05) às 15h00 no estádio Carneirão.

Confira abaixo os resultados da 1ª rodada da Permanência e a classificação:

Resultados

Classificação

 

Hexagonal da Permanência começa nesta quarta-feira (01) com briga pela Série D

Hexagonal da Permanência

 

 
O hexagonal da permanência do Campeonato Pernambucano começa nesta quarta-feira. Se antes o torneio também chamado de “hexagonal da morte” só oferecia a luta contra o rebaixamento, agora a situação é um pouco melhor para o campeão, nesta temporada.

A equipe que terminar a competição com a melhor campanha (em primeiro lugar na classificação), ficará com uma vaga na Série D do Brasileiro de 2018.

Isso porque, Pernambuco tem três vagas na Quarta Divisão nacional, que deveriam ser preenchidas pelos três primeiros colocados da primeira fase do Estadual. Mas, como o Salgueiro – que disputa a Série C – ficou entre os três que avançaram ao hexagonal do título – ao lado de Belo Jardim e Central – sobrou uma vaga para ser disputada pelas equipe da “permanência”.

 

Três jogos abrem a primeira rodada, com jogos em Afogados da Ingazeira, Carpina e Paulista. Afogados x Flamengo de Arcoverde abrem os confrontos no Vianão, às 15h, no clássico sertanejo. Depois, Atlético-PE e Vitória-PE medem forças às 20h, no Paulo Petribu. Finalizando os duelos, no mesmo horário, América-PE e Serra Talhada se enfrentam no estádio Ademir Cunha.

Do Globo Esporte

 

Jogando no Pereirão, Serra Talhada vence Afogados na última rodada da primeira fase do PE

 

 

 

Na noite dessa quarta-feira (25), Serra Talhada e Afogados da Ingazeira se enfrentaram pela última rodada da primeira fase do Campeonato Pernambuco 2017 no estádio Nildo Pereira de Menezes, o “Pereirão”.

As duas equipes entraram em campo só para cumprir a tabela da competição, já que ambas não tinham mais chances de classificação para o Hexagonal do Título. O Serra Talhada venceu pelo placar de 1×0, o gol do Lampião foi anotado pelo jogador Talysson logo aos 2 minutos do primeiro tempo.

Com a vitória equipe Cangaceira terminou a primeira fase da competição na 6ª colocação com 5 pontos ganhos, já a Coruja Sertaneja ficou na última colocação com a pior campanha, somando apenas 3 pontos.

Na primeira rodada do Hexagonal da Permanência o Serra Talhada vai enfrentar o América-PE às 20h00 no estádio Ademir Cunha em Paulista, já o Afogados recebe no estádio Vianão às 15h00 a equipe do Flamengo de Arcoverde.

 

Confira abaixo os resultados e como ficou a classificação geral do Pernambucano após o fim da 1ª fase:

resultados

 

classificação

 

 

Cícero Monteiro volta ao comando do Serra Talhada para disputa do Hexagonal da Permanência

16195938_1855866411336809_2278488322983718164_n

Foto: Geovane Oliveira

 

 

Após perder o técnico Sérgio China e o preparador físico Igor Tenório para o Campinense, a diretoria do Serra Talhada Futebol Clube anunciou na noite desta segunda-feira (23), o nome do novo comandante. Trata-se do experiente Cícero Monteiro, que já comandou a equipe Cangaceira no Brasileirão da Série D em 2015.

Cícero Monteiro será apresentado na manhã desta terça-feira (24) no estádio Pereirão, já que na próxima quarta-feira (25) o Lampião entra em campo para encarar o Afogados da Ingazeira pela última rodada da primeira fase do Campeonato Pernambucano 2017.

Serra Talhada perde mais uma e segue sem vencer no Campeonato Pernambucano

16265718_1860395660898891_6538083346730884033_n

 

 

 

O Belo Jardim fez o dever de casa e venceu o Serra Talhada por 1 a 0 no estádio Antônio Inácio de Souza, o Vera Cruz. O primeiro tempo começou morno com as duas equipes se estudando muito. Mas, na segunda etapa, o Calango se impôs em campo e abriu o placar com Raniel aos 15 minutos, após bate rebate na área do Cangaceiro.

Com a vitória, o Belo chega aos nove pontos conquistados e entra na zona de classificação para o hexagonal do título. O Serra não tem mais chances de avançar.

 

Do Globo Esporte

Serra Talhada joga fora de casa contra o Belo Jardim pelo Campeonato Pernambucano

Belo Jardim x Serra Talhada

 

 

 

Belo Jardim e Serra Talhada abrem a 6ª rodada logo mais às 15h00 no estádio Antônio Inácio. O Lampião perdeu o técnico Sérgio China na última quinta-feira (19), e está na vice-lanterna da competição. Já o Calango, jogando mais uma vez em Caruaru, bateu o Afogados por 1 a 0 na rodada anterior e busca melhorar colocação na tabela.

Para o confronto, a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) escalou o árbitro Anderson Freitas, que terá as assistências de Cleberson Nascimento e Bruno César.

 

Do Globo Esporte

Preparador físico assume o Serra Talhada de forma interina após a saída de China

Igor Tenório

 

 

 

A saída de Sérgio China do Serra Talhada para o Campinense, na noite desta quinta-feira, pegou todo mundo de surpresa, inclusive o presidente do clube, José Raimundo. Contando com o treinador para a sequência do Campeonato Pernambucano e para a Série D do Brasileiro, o mandatário sertanejo afirmou não ter, ainda, nomes para substituir China e que o preparador físico irá comandar o time pelo menos até o próximo jogo.

– Não [temos nomes de técnicos neste momento], pois fomos pegos de surpresa. Então eu vou sentar para pensar nisso e o Igor Tenório assume o time até domingo – explicou José Raimundo de forma sucinta.

O técnico Sérgio China deixou o time na vice-lanterna na classificação geral do Estadual, com dois pontos em quatro jogos – dois empates e duas derrotas -, com 16,7% de aproveitamento. O Cangaceiro joga neste domingo, contra o Belo Jardim, às 15h, no estádio Antônio Inácio de Souza, o Vera Cruz.

 

Do Globo Esporte

Sérgio China deixa o Serra Talhada para comandar o Campinense

China

 

 

 

O técnico Sérgio China deixou o comando do Serra Talhada Futebol na noite desta quinta-feira (19). Segundo o assessor de imprensa do Lampião, Geovane Oliveira, China recebeu uma proposta do Campinense, para comandar a Raposa no Campeonato Paraibano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Brasileirão da Série C.

Com Sérgio China no comando do Serra Talhada foram quatro jogos pelo Campeonato Pernambucano sendo, duas derrotas e dois empates, deixando o Serra Talhada na vice-lanterna da primeira fase da competição com 2 pontos ganhos. A última partida que o técnico esteve no comando da equipe Cangaceira, foi na noite dessa quarta-feira (18), quando o Serra Talhada recebeu o Central no Pereirão e foi derrotado pelo placar de 1×0.

A apresentação de Sérgio China como técnico da Raposa do Nordeste, está prevista para hoje (20) na cidade de Campina Grande.

Em Serra Talhada, radialista narra jogo sentado à beira do gramado no estádio Pereirão

Iran Carvalho narrando à beira do gramado do Pereirão (Foto: Dayvson Roberto)

 

 

 

O narrador de futebol no rádio tem a missão de transmitir toda uma emoção vivida no estádio, para que o ouvinte sinta-se nas arquibancadas e consiga imaginar lance a lance da partida. Mas, geralmente, ele fica em cabines destinadas à imprensa, para ter maior comodidade para trabalhar e ter maior atenção no jogo.

Mas, imagina o narrador ter que fazer seu trabalho praticamente dentro do campo? Foi o que aconteceu com o radialista Iran Carvalho, da Rádio Jornal AM de Caruaru, que por falta de cabines suficientes, precisou improvisar para não deixar de transmitir o confronto entre Serra Talhada e Central, no estádio Nildo Pereira (Pereirão), válido pela quinta rodada da primeira fase do Campeonato Pernambucano.

– Quando eu cheguei lá, três horas antes do jogo, a empresa telefônica tinha instalado nossa linha em uma das menores cabines do estádio para dividir com cinco pessoas, mas nem o material deu para a gente montar, por ser muito pequena a cabine. Então, como não tinha mais cabines disponíveis, e eu tenho a credencial que dá acesso ao campo, eu pensei em puxar um cabo e dar uma de repórter e narrar o jogo de lá do campo mesmo, porque pelo menos lá tinha o alambrado para me proteger da torcida.

A atitude inusitada do radialista em narrar o jogo na lateral do campo logo chamou atenção do delegado da partida, que o colocou em outro lugar também nada convencional, para continuar seu trabalho.

– Mas quando estava lá narrando o jogo, com 15 ou 20 minutos, chegou o delegado da partida dizendo que não podia transmitir o jogo dali e queria me deslocar para outro local. Então eu disse para ele: “Se o senhor conseguir um local digno para que eu possa trabalhar, não tem problema, eu vou. Então ele disse que eu iria ficar no meio da torcida. Mas respondi: “Eu no meio da torcida? Com o barulho do povo, e outra coisa, eu estou fazendo o time visitante, no meio de torcedores da casa, e minha vida?”. Então ele solicitou quatro policiais militares, pediu para polícia afastar o povo em um local da arquibancada e fiz todo o resto do jogo escoltado.

Mas essa não foi a primeira vez que o profissional passou por tal situação. Experiente no meio radiofônico, ele disse que já chegou a fazer algo semelhante em um dos grandes estádio de futebol do Brasil.

– É porque estamos em outra realidade, onde existe mais profissionalismo, mas só para ilustrar, eu já fiz um jogo no Maracanã, em cima de uma marquise. Isso aconteceu na década de 1980, mas hoje é outra realidade.

Iran Carvalho narrando à beira do gramado do Pereirão (Foto: Dayvson Roberto)

Do Globo Esporte