Clostridiose causa morte de gado no Agreste de Pernambuco, diz Adagro

Animal foi levado para a UFRPE, em Garanhuns, para ser examinado (Foto: Reprodução/TV Asa Branca)

 

 

 

A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro) divulgou na tarde dessa segunda-feira (20) que a morte do gado em São Bento do Una, Itaíba e Ibirajuba, no Agreste, foi motivada pela clostridiose – que é o termo usado para denominar as doenças causadas por bactérias do gênero Clostridium no gado.

De acordo com a Adagro, esta doença é comum em todo o país e atinge, principalmente, o rebanho leiteiro. A agência ainda destacou que há vacina para a cura da clostridiose.

Havia a suspeita de que a morte do gado teria sido causada pelo botulismo. A Adagro explicou que o botulismo é um tipo de clostridiose, e que “é difícil isolar especificamente” uma doença a outra.

A agência ainda não informou se será tomada alguma medida para reduzir os casos das doenças nos rebanhos que foram analisados.

Do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *