Em Serra Talhada, comando do 14º BPM pede ajuda da população, defende o Pacto Pela Vila e admite deficiência de PM’S

Tenente Coronel Figueiredo

 

 

 

O novo comandante do 14º BPM em Serra Talhada, Tenente Coronel Figueiredo, ciente da árdua missão que terá pela frente, espera contar com o forte apoio da população no combate ao crime.

Em entrevista ao comunicador Anderson Tennens nessa sexta-feira (06), Figueiredo ao tranquilizar a população que vai reforçar o número de militares nas ruas, por entender que a cidade “merece uma atenção especial”, o comandante fez um apelou:

“Diante das estatísticas, Serra Talhada merece uma atenção especial. É necessário que a população colabore e denuncie. Não deixem de denunciar. É importante a sociedade abrir a boca”, conclamou e acrescentou: “Vamos massificar e intensificar nosso trabalho no Bairro Vila Bela”.

O Tenente Coronel, ainda disse qual será sua estratégia de enfrentamento aos criminosos. “É importante trabalhar com pontos de bloqueio para que a sociedade veja que o estado está presente através da PM. Vamos aumentar o número de blitz e de ROCAM nas ruas”, disse e defendeu.

“A sociedade não pode ser vítima. Vamos trabalhar com a conscientização da sociedade. Não trabalhamos sozinhos. Colocaremos o centro de assistência social dentro do Batalhão. Tentaremos sanar a insatisfação da sociedade”, disse.

Figueiredo ao mesmo tempo em que defendeu o Pacto Pela Vida, admitiu que não tem o número de policiais ainda deficiente.

“O Pacto pela vida é muito bem montado, muito bem feito, mas precisamos da colaboração de todos. O número de homens ainda é insuficiente. Nossa preocupação e objetivo é de trabalhar preventivamente”, disse.

 

Via Júnior Campos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *