Falta de quórum faz sessão de julgamento de contas do ex-prefeito de Serra Talhada ser adiada

Resultado de imagem para Carlos Evandro

 

 

 

 

Por falta que quórum, a sessão ordinária dessa segunda-feira (14) na Câmara de Vereadores de Serra Talhada teve um desfecho inesperado. As contas do exercício financeiro do ex-prefeito Carlos Evandro (PSB), onde a Corte de Contas de Pernambuco recomenda à rejeição e a devolução de mais de R$ 370 mil não foram julgadas.

Dos 15 parlamentares, apenas 9 compareceram a sessão ordinária desta segunda-feira (14). Os faltosos foram: Vera Gama (PHS), Leirson Magalhães (PSB), Dedinha Inácio (PR), Dr. Gilson Pereira (PROS), Márcio Oliveira (PSD) e Edmundo Gaia (PSD).

 

De Júnior Campos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>