Manifestação nacional pró-vaquejada tomará Brasília nesta terça-feira (25)

 

 

 

Manifestação cultural e esportiva de grande tradição e popularidade nas zonas rurais do país, a vaquejada será tema de mobilização nacional nesta terça-feira (25), em Brasília (DF). Praticantes de múltiplas atividades equestres, vaqueiros e organizadores de Vaquejadas de todo o país se reunirão na Esplanada dos Ministérios durante todo o dia em defesa da Vaquejada Legal.  Além de uma grande cavalgada, haverá ato político e shows musicais em defesa da atividade.

Diante da ameaça de interrupção dessa prática, a partir de interpretações de uma decisão recente do Supremo Tribunal Federal (STF), Paulo Farha, liderança nacional da raça de cavalos Quarto de Milha e presidente da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM) por dois mandatos, reforça a necessidade de que as pessoas conheçam melhor a atividade e que alguns mitos sejam derrubados. “Ao contrário do que pensa muita gente que não conhece o funcionamento de uma Vaquejada, a prática preza muito pelo cuidado aos animais. Temos manual de Bem-Estar dos animais e regras que se não seguidas à risca levam à desclassificação sumária dos praticantes”, explica.

 

De fato, as Vaquejadas se transformaram ao longo das décadas e evoluíram nos cuidados aos animais envolvidos nas competições. De acordo com a ABQM, esse avanço é condição fundamental para manter essa tradição popular e desmonta abordagens contrárias à prática desse esporte.

Também em defesa da Vaquejada, a Associação Brasileira de Vaquejada (ABVAQ) enfatiza o respeito e atenção às normas, que dão maior segurança aos animais durante as competições. Segundo a ABVAQ, todo o material utilizado é inspecionado, entre outros cuidados como a pista onde o animal se apresenta, que é composta por um colchão de areia. Ainda estão incluídos outros itens como o protetor de cauda para o boi entrar na arena de competição e cuidados com a alimentação, transporte, manejo e alojamentos.

Assim, tanto a ABQM quanto a ABVAQ defendem que, ao invés de vedar a regulamentação da prática, deve-se adotar medidas que garantam a sua continuidade enquanto manifestação cultural e prática desportiva, buscando o aperfeiçoamento dos cuidados com os animais.

Relevância econômica — Além de ser um importante elemento da cultura brasileira, a Vaquejada representa uma importante fonte de renda e geração de empregos para o país. O mercado da equinocultura no Brasil gera mais de três milhões de empregos diretos, sendo que a vaquejada é responsável por 700 mil trabalhadores, segundo Estudo do Complexo do Agronegócio do Cavalo, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Ressalta-se que a manifestação cultural é garantia constitucional, conforme disposto no art. 215 da Constituição Federal, que incumbe ao Estado o dever de incentivá-las e apoiá-las a fim de mantê-las enquanto identidade cultural de determinado povo.  Por essa razão, a ABQM e a ABVAQ também defendem medidas que garantam a continuidade da vaquejada, como manifestação cultural e prática desportiva que favorece o aperfeiçoamento dos cuidados aos animais.

Os manifestantes se encontrarão no dia 24 à noite, no Parque Leão, em Samambaia (DF), e sairão em direção à Esplanada dos Ministérios às 22h, com chegada prevista para às 5h do dia 25.  Veja a programação completa:

Programação oficial – Movimento Brasil Equestre em prol da Vaquejada Legal

Dia 24

22h – início do deslocamento das comitivas do Parque Leão em direção à Esplanada dos Ministérios, com término às 5h.

Dia 25

8h – Missa do vaqueiro (Catedral de Brasília)

10h –  Ato público em frente ao Congresso Nacional

12h – Vaqueiros em trajes típicos receberão a benção na Catedral de Brasília

17h – Concentração em frente ao Congresso Nacional para a Grande Cavalgada “Vaquejada Legal”, com retorno ao mesmo local.

18h – Ave Maria, interpretada por artistas, em homenagem aos vaqueiros e cavaleiros do Brasil

19h – Manifestação com grandes artistas musicais do Nordeste em apoio à Vaquejada legal

21h – Término das atividades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>