Manobra do governo aprova urgência na tramitação da reforma trabalhista

Resultado de imagem para Manobra do governo aprova urgência na tramitação da reforma trabalhista

 

 

 

 

Um dia após a derrota no plenário da Câmara dos Deputados, o governo conseguiu refazer a votação e aprovar a aceleração da tramitação da reforma trabalhista. Desta vez, o placar mostrou 287 votos favoráveis, 144 contrários e 13 obstruções. Na primeira votação, a base havia conseguido apenas 230 dos 257 votos necessários para a aprovação.
De acordo com o deputado Rogério Marinho, a ideia agora é que a apresentação de emendas seja levada a plenário já na próxima quarta, dia 26. Sem a urgência, a proposta teria que esperar cinco sessões para ser votada na comissão.

O texto da reforma trabalhista apresenta várias mudanças na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), entre elas o fim do imposto sindical obrigatório (equivalente a um dia de trabalho por ano) e a maior flexibilização para contratação de trabalhadores temporários.

Do Diário de Pernambuco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *