Matadouro de Floresta é interditado pelo Ministério do Trabalho e Emprego

Matadouto interditado em Floresta não tem estrutura, segundo MTE (Foto: Divulgação / Assessoria)

 

 

 

O Ministério do Trabalho e Emprego interditou na tarde dessa quinta-feira (24) o matadouro de Floresta, no Sertão de Pernambuco. De acordo com o auditor do MTE no interior, Francisco Reginaldo, a paralisação das atividades ocorreu devido as condições de trabalho oferecerem riscos de acidentes de trabalho.

Ainda de acordo com ele, o curral dos animais não possui passarelas ou plataformas, expondo os trabalhadores a riscos, pelo movimento dos animais. “Não houve comprovação de fornecimento de qualquer equipamento de proteção individual, expondo os trabalhadores a contaminação por agentes biológicos, especialmente no setor de vísceras”, diz.

O MTE constatou ainda que não há isolamento no local de trabalho, de mecanismos que impeça o acesso de pessoas, o que pode causar acidentes. “As plataformas de abate encontram-se sem proteção, tipo guarda-corpo e corrimão, com riscos de quedas”, informou.

Outro problema apontado diz respeito as instalações elétricas, que segudo Francisco Reginaldo, encontravam-se precárias, expondo os trabalhadores a choques elétricos. “Além do mais, não foi comprovado que os trabalhadores estão devidamente qualificados para essa atividade”, diz.

O MPE informou ainda que o matadouro só voltará a funcionar, após nova vistoria, e desde que o município faça as adequações necessárias. A prefeitura de Floresta não quis se pronunciar sobre o assunto. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *