Médica cubana é estuprada dentro de posto de saúde, no Agreste de PE

 

 

 

A Polícia Civil investiga um caso de estupro a uma médica cubana, do programa Mais Médicos, do Governo Federal, no município de Capoeiras, no Agreste de Pernambuco. O nome e a idade dela não foram divulgados.

O caso teria acontecido na última segunda-feira (1º), por volta das 13h, dentro da Unidade de Saúde Municipal Gildo Marques.
De acordo com a Delegacia de Capoeiras, um homem armado com uma faca entrou no local e roubou o Smartphone da médica. Em seguida, a teria estuprado.
Ainda segundo a polícia, o celular da assistente da cubana também foi levado. A técnica de enfermagem teria sido trancada dentro de um quarto enquanto o suspeito praticava o abuso sexual.
 A prefeita do município, Neide Reino, informou que está prestando assistência à médica. O boletim de ocorrência foi inicialmente registrado em Garanhuns, porque a delegacia local estava fechada.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *