Piloto de ‘cinquentinha’ sem carteira será multado a partir desta terça (1º)

Resultado de imagem para cinquentinha' sem carteira será multado

 

 

 

A partir desta terça-feira (1º), o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) vai punir os condutores de ciclomotores que circularem pelas ruas, avenidas e estradas do estado sem habilitação ou registro. Isso vale, sobretudo, para quem pilota as motos de até cinquenta cilindradas, conhecidas como cinquentinhas.

Quem for flagrado pilotando uma cinquentinha sem a habilitação especifica, a Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC) ou a Carteira Nacional de Habilitação do Tipo A, será enquadrado na nova Lei 13.281/2016. A partir desta terça, as multas estarão mais caras.

Pilotar uma cinquentinha sem habilitação é considerada uma infração gravíssima. O valor é multiplicado por três. Assim, o condutor terá que desembolsar R$ 880,40. Além disso, perde sete pontos na carteira. Para o caso de pilotar a moto de até 50 cilindradas, a multa é gravíssima e vale R$ 293, 47.

De acordo com o Detran-PE, atualmente, há 35 mil ciclomotores registrados ou licenciados em Pernambuco. “Isso equivale a cerca de 85% da quantidade de veículos desse tipo em circulação no estado. Tivemos um grande aumento do número de registros depois das ações educativas”, afirmou o diretor-geral do Detran-PE, Sebastião Marinho.

Com a entrada em vigor dos novos valores das multas e das normas para as cinquentinhas, o órgão promete investir na fiscalização. “Vamos fazer ações educativas também, mas a partir de agora estaremos notificando as infrações”, declarou Marinho.

Para ele, a Lei 13.281 é um grande avanço. “Ficamos 14 anos sem atualização das normas de multas de trânsito. Estamos investindo muito na educação para evitar as infrações mais graves, como o uso do celular por quem dirige e pilota. Costumo chamar isso de mal do século”, observou o diretor-geral do Detran-PE.

Carros
Marinho lembra que a partir desta segunda também entram em vigor as novas multas para quem guia todos os tipos de veículo. Os valores das infrações foram reajustados em até 66%.

Ele ressalta que o Detran-PE também aguarda o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para colocar em prática o sistema de notificação eletrônica, que garante ao motorista redução nos valores das multas em até 40%.

“Aderimos na sexta-feira (28) e estamos com todo o sistema de tecnologia pronto. Em breve, os pernambucanos contarão com esse serviço”, declarou. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>