Preço do botijão de gás sobe entre 8% e 10% em Pernambuco

Botijões de gás enfileirados (Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília)

 

 

O botijão de gás  está mais caro em Pernambuco. Entrou em vigor na quinta-feira (1º) o reajuste de 8% a 10% autorizado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) para as revendedoras do estado. Assim, o bujão de 13 quilos de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) que custava entre R$ 40 e R$ 50 passa a ser vendido por valores que variam entre R$ 43 e R$ 55.

Em Pernambuco, existem 1.800 revendedoras de GLP. Como o mercado é livre, cada uma pode definir o preço final ao consumidor a partir dos limites estabelecidos pela ANP. O reajuste foi concedido com base na variação da inflação, aumento dos custos operacionais e salariais da categoria.

Em Pernambuco, são vendidos 1,6 milhão de bujões de 13 quilos por mês. O Sindicato das Empresas Distribuidoras de Gás (Sinergas-PE) alerta que o consumidor deve comprar o GLP apenas em revendedoras autorizadas. Produtos de procedência duvidosa podem colocar em risco a integridade do cliente. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>