Serra Talhada teve a pior média de público entre as equipes pernambucanas na Série D 2016

essa

 

 

A Série D do Campeonato Brasileiro teve a primeira fase finalizada no último fim de semana. Na então fase de grupos, onde se classificaram os primeiros de cada chave e os 15 melhores segundos colocados para o mata-mata, cada equipe realizou seis jogos, sendo três em casa e três fora.

Em cima disso, o GloboEsporte.com fez o levantamento da média de público de América-PE, Central e Serra Talhada – os representantes de Pernambuco na competição. Com mais tradição na competição, a Patativa têm números muito mais expressivos que os outros dois pernambucanos, quando o assunto é presença nas arquibancadas.

O Alvinegro Caruaruense levou na primeira fase 6.352 torcedores, obtendo uma média de 2.117 por partida. Já o Mequinha, teve em seus jogos a presença de 761 pessoas, e uma média de 253 por confronto. O Cangaceiro não teve só uma péssima campanha dentro de campo – seis derrotas consecutivas. O mal desempenho dentro das quatro linhas refletiu na torcida, e o clube teve apenas 95 torcedores no Pereirão, somado todos os jogos.

Veja os números detalhadamente:

Central 
Central 1×0 Parnahyba (público: 678)
Central 0x0 CSA (público: 3.167)
Central 1×1 Guarani de Juazeiro (público: 2.507)
Média por jogo: 2.117

América-PE
América-PE 2×1 Sousa (público: 300)
América 1×2 Globo FC (público: 254)
América-PE 2×1 Galícia (público: 207)
Média por jogo: 253

Serra Talhada
Serra Talhada 0x1 Uniclinic (jogo com portões fechados)
Serra Talhada 0x3 Potiguar (público: 35)
Serra Talhada 0x1 Itabaiana (público: 90)
Média por jogo: 47

 

Do Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *