TRE registra 68 detenções em PE, incluindo de três candidatos

Presidente do TRE-PE, Antonio Carlos Alves, afirma que problemas nas urnas não afeta votação. (Foto: Marina Meireles / G1)

 

 

 

Durante o domingo (2), o Tribunal Regional Eleitoral em Pernambuco (TRE-PE) registrou a detenção de 68 eleitores no estado, dos quais cinco são candidatos. Além das ações nos municpípios de Jaboatão dos Guararapes, Santa Maria da Boa Vista e João Alfredo, o órgão também registrou outros casos nas cidades de Olinda, no Grande Recife, e Macaparana, na Zona da Mata. Os dois últimos candidatos foram detidos por suspeitas de boca de urna.

Ainda de acordo com o TRE-PE, 626 urnas apresentaram problemas no estado até 17h. Desse total, 233 precisaram ser substituídas. Apesar dos problemas, não foram registrados casos de votação manual.

“Essa eleição aconteceu dentro da normalidade”, afirmou o presidente do TRE-PE, Antônio Carlos Alves. Presente na cerimônia de encerramento da votação, o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Alessandro Carvalho, avaliou positivamente operações da Polícia durante o dia de pleito. “Tivemos 11% a menos de efetivo empregado na escolta de urnas, o que significa que houve 11% a mais de policiamento nas ruas”, diz.

Ainda segundo Carvalho, os registros de ocorrências como boca de urna e uso de alto-falantes e amplificadores de som em locais de zona eleitoral estiveram dentro do esperado pela pasta. “Essa foi a eleição mais tranquila que tivemos nos últimos anos”, frisa.

Término das eleições
O município de Primavera, na Mata Sul do estado, foi o primeiro a encerrar a contagem de votos. O processo de apuração dos cerca de seis mil eleitores da cidade foi concluído por volta das 17h40. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>