2º Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti registra situação de alerta em Salgueiro

Mosquito Aedes aegypti é transmissor da dengue (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

 

 

 

 

 

Foi realizado o 2º Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) para mapear os locais com altos índices de infestação do mosquito Aedes aegypti em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco. O município apresentou um extrato de 3,4%, que representa uma situação de alerta.

O mapeamento do 2º LIRAa foi feito nos dias 28 de fevereiro, 1º e 2 de março e o resultado ajuda a planejar as ações dos meses de março e abril em Salgueiro.

Segundo o coodenador de endemias da Secretaria de Saúde de Salgueiro, Joenilso José Filho, para conter a infestação do mosquito na cidade serão realizadas ações nos meses de março e abril como palestras educativas nas escolas, atualizações de servidores nas áreas urbanas e indígenas, coletas de pneus e visitas domiciliares com tratamento e eliminação de focos.

No levantamento foram identificados índices alarmantes por bairros: Imperador (12,5), Bomba (11,6), Novo Evereste (7,1), Centro (6,3), Divino (5,3), Riachinho (4,6), Planalto (3,8), Cohab (3,8), Copo Cristal (3,1)Curtume 2,9). Nessas áreas a secretaria deve redobrar as atenções em alguns locais.

Já o último levantamento na cidade feito na cidade e que norteou as ações dos meses de janeiro e fevereiro foi de 0,6%. No LIRAa, o índice é considerado satisfatório quando fica abaixo de 1%; situação de alerta quando está no intervalo entre 1% e 3,9%; e indica risco de surto quando é igual ou superior a 4%. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *