Após perder uma perna, banhista mordido por tubarão no Grande Recife tem mão amputada

Homem foi atacado por tubarão na Praia de Piedade, no Grande Recife (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

 

 

 

 

O banhista potiguar Pablo Diego Inácio de Melo, de 34 anos, que já tinha amputado a perna direita após ser mordido por um tubarão na praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, no domingo (15), teve a mão direita amputada na tarde dessa sexta-feira (20).

Segundo o Hospital da Restauração, na área central do Recife, o paciente foi encaminhado à Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) após a cirurgia, mas tem quadro clínico considerado estável.

A cirurgia para amputar o membro superior direito ocorreu após o paciente ter sido submetido a um exame de doppler, uma ultrassonagrafia utilizada para verificar se o enxerto feito no membro atingido iria funcionar. Como o procedimento não teve êxito, o potiguar precisou da amputação.

A cirurgia de amputação da perna direita ocorreu no mesmo dia do ataque do tubarão em uma cirurgia com duração de quatro horas, também realizada no Hospital da Restauração. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *