Cantor serra-talhadense festeja aniversário e ‘forró de raiz’ com shows no Recife

Resultado de imagem para Luizinho de Serra

 

 

Da Folha de PE

Não há invencionice nesse mundo que tire a inteireza de uma sanfona, de um triângulo e de uma zabumba do nosso forró. Pensar no “dois pra lá, dois pra cá” do xote ou no “lengo tengo” de um baião sem o trio de instrumentos, é negar a essência do mais nordestino dos ritmos.

E é exatamente dessa forma que os poucos mais de 15 anos de trajetória do forrozeiro Luizinho de Serra florescem palcos afora, com a soma de elementos que passeiam com fluidez por seu repertório e não negam sua origem lá do Sertão do Pajeú, mais precisamente em Serra Talhada, a “capital do xaxado”.

Para contar um pouco de suas andanças, o músico se apresenta hoje na Sala de Reboco, amanhã no espaço Brasa Jockey e no domingo no Akrópolis Caxanga Eventos, ocasiões em que também vai comemorar o seu aniversário de 32 anos, com convidados o tanto quanto forrozeiros.

“Levo para os palcos um forró de raiz, mas com renovação, alegria, falando de amor, sem lamentos e com palco iluminado, percussão e muita energia. Isso não tira do ritmo a sua essência. O que não quero é vulgarizar, impor às minhas apresentações um viés apelativo como tanto se vê por aí. Minhas raízes são sólidas, minha matutice vai continuar me acompanhando, junto a uma renovação que as novas gerações pedem”, ressaltou o músico em um bate-papo com a Folha de Pernambuco.

De fato. Desde criança o “peso” da sanfona faz parte da rotina do filho de “Zé Caiçara“, nome conhecido na Região e um dos incentivadores de Luizinho de Serra, que deu os primeiros passos no instrumento com “Asa Branca”, seguiu pelas sonoridades de nomes como Zé Marcolino, Xico Bizerra, Maciel Melo, Jorge de Altinho e Irah Caldeira – sua “madrinha”, produzindo em 2017 o seu DVD, “Flor do Dia”. Irah uma das convidadas nos dois dias de apresentação, que terão também as participações especiais de Geraldinho Lins, Nádia Maia e Loirão, entre outros nomes.

Serviço
Show de Luizinho de Serra (Luizinho Fest)

Quando: Hoje (Sala de Reboco, 21h, a partir de R$ 10 – rua Gregório Junior, 364, Cordeiro );
Amanhã (Brasa Jockey, 21h, a partir de R$ 20 – rua Carlos Gomes, Prado) e
domingo (Akrópolis Caxanga Eventos, 19h, R$ 20 – rua São Francisco de Paula, 103 )

Confira o forró de Luizinho de Serra:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *