Comentário de governador cearense revolta família de vítimas sertanejas na Tragédia de Milagres

 

 

 

comentário do governador do Ceará, Camilo Santana, sobre a possibilidade da família morta na ‘Tragédia de Milagres’ não ser refém do crime, incomodou parentes das vítimas. Na noite desta sexta-feira (7), João Daniel Neto, primo de João Batista Campos Magalhães, 49, reclamou da fala de Camilo.

A família repudia o comentário do governador do Ceará. Ele disse que não era hora para ter refém na rua. Ele devia ler as notícias para não dar uma declaração desastrosa como essa”, afirmou João Daniel ao Diário do Nordeste, de Fortaleza.

Quando perguntado sobre a atuação dos policiais em Milagres, Camilo ponderou: “é estranho um refém de madrugada no banco. Vamos aguardar essa investigação”. A fala gerou revolta e a demonstração de que o governador tentara, sem a mínima sensibilidade e respeito ás famílias, encobrir uma possível ação desastrosa dos policiais.

Confira abaixo no áudio o momento infeliz do governador do Ceará, Camilo Santana.

 

Via Nill Júnior

Um comentário em “Comentário de governador cearense revolta família de vítimas sertanejas na Tragédia de Milagres”

  1. Cidadões de bem tiveram sua vidas ceifadas crianças inocentes perderam suas vidas e o governadordo Ceará ainda faz um comentário desse serra talhada está de luto senhor governador não tem o que falar fique calado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *