Ex-policial é condenado a 26 anos de prisão por matar companheira a facadas em PE

Preso ex-militar suspeito de assassinar a ex-mulher a facadas em Petrolina — Foto: Divulgação/Polícia Civil

 

 

O ex-policial acusado de matar a companheira a facadas em Petrolina, no Sertão Pernambucano, foi condenado nessa sexta-feira (4) a 26 anos de prisão em regime fechado. O crime aconteceu no mês de maio no bairro Areia Branca.

Vanduir Ferreira Lima foi a júri popular. Na entrada do fórum, familiares da vítima Patrícia Maria de Souza seguravam faixas e cartazes pedindo justiça. O julgamento terminou no início da tarde.

O Caso

Patrícia Maria de Souza, de 31 anos, foi morta com facadas no pescoço, na madrugada do dia 29 de maio deste ano, em casa, na Rua Tchecoslováquia, no bairro da Areia Branca. A vítima chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Universitário, onde morreu, após as duas filhas irem até a casa de um vizinho pedir ajuda.

Apontado como autor do crime, Vanduir Ferreira de Lima, que na época era companheiro da vítima, foi preso na tarde do dia 29, no município de Capim Grosso, na Bahia. Ele foi encontrado através de uma denúncia anônima. Ex-policial militar, Vanduir tem passagem pelo sistema carcerário por homicídio qualificado e lesão corporal em São José do Belmonte, em Pernambuco. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *