Idoso de 118 anos tem desejo de reencontrar filhas antes de morrer

 

 

Um idoso de 118 anos que mora em Bonito, no interior de Pernambuco, tem o desejo de reencontrar duas filhas com quem perdeu o contato há cerca de 20 anos. Davino Gomes completou a idade em 31 de dezembro do ano passado e é uma das pessoas mais velhas do mundo, segundo dados da Gerontology Research Group (GRG).

Mesmo tendo perdido a visão e estar aos poucos perdendo a audição, ele não tem nenhuma doença grave e continua lúcido. “Meu avô não tem problema de nada, de pressão, diabetes, nada. Super saudável”, garante a neta Maria José da Silva.

Ao longo da vida, Davino Gomes trabalhou com várias atividades. Uma das filhas dele, Josefa Maria, relembra a rotina do pai. “Ele trabalhou com gado, ia levar leite lá para Barra [de Guabiraba, município vizinho], para o patrão. Eu ia também. Eu trabalhava com ele na roça, sempre trabalhamos na roça”, contou. “Trabalhei muito, mexi muita farinha, moí muita mandioca”, disse o aposentado.

Davino Gomes casou cedo e teve 12 filhos com a esposa, já falecida. Seis deles permanecem vivos. Atualmente, o idoso tem pelo menos 18 netos e 28 bisnetos. Gomes e a família não conseguem saber o número preciso de parentes porque duas das filhas dele foram morar em São Paulo há mais de 30 anos. Há cerca de 20, eles não têm contato com as duas.

Desejo de reencontrá-las antes de morrer

Maria do Carmo da Conceição e Maria Cícera da Conceição costumavam visitar a residência de uma tia delas, que faleceu. Depois disto, não entraram em contato com a família. “Ele fala muito nelas, que quer reencontrar, mas não tem jeito”, lamenta a neta Maria José. As lembranças das duas estão em algumas fotografias.

O desejo de Davino é reencontrá-las antes de morrer, mesma vontade da esposa, que faleceu sem conseguir realizar. “Minha mãe quando era viva, ela tinha 95 anos, ela disse assim: ‘meu Deus, eu vou morrer e não vejo minhas filhas mais’. Foi dito e feito. Eu também queria muito ver minhas irmãs”, disse a filha de Davino, Josefa Maria. Quem tiver qualquer informação sobre as duas mulheres pode entrar em contato com a família através do telefone (81) 9.9506.8698 (Jamila).

Uma das filhas de Davino Gomes (a adulta)

A outra filha de Davino Gomes (a adulta)

 

Do NE10 Interior

2 Comentário para “Idoso de 118 anos tem desejo de reencontrar filhas antes de morrer”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *