Múltipla em Pernambuco: sem Lula, Marina lidera. Bolsonaro é o mais rejeitado

Resultado de imagem para Lula, Marina e Bolsonaro

 

 

 

 

Na única simulação para Presidente no Estado que o Múltipla fez sem Lula, que presente vence em todos os cenários, Marina Silva lidera com 19,16%. Luciano Huck, que não está mais no páreo (a pesquisa foi feita antes de sua desistência) aparece em segundo lugar com 14,83%. Jair Bolsonaro tem 12,66%. Ciro Gomes tem 9%, seguido de Geraldo Alckimin (5,5%) e Álvaro Dias, com 1,66%. Brancos e nulos somam 27,16%. Indecisos, 5,66%. Não sabem ou não opinaram,4,33%.

Com Lula no páreo, o presidenciável  tem 57% das intenções de voto na pesquisa estimulada, ante 8% de Bolsonaro (PSC), 2,6% de Marina Silva (Rede), 2,8% de Luciano Huck (sem partido), 1,8% de Geraldo Alckmin (PSDB) e João Dória (PSDB) e 1,6% de Ciro Gomes (PDT).

Quando a pesquisa afere rejeição para Presidente, Bolsonaro é o mais rejeitado. Tem 43,5%. Geraldo Alckimin não seria votado por 42,33%. João Dória tem rejeição de 38,33%.  Ciro Gomes tem rejeição de 36%, seguido por Luciano Huck (33%), Marina Silva (31,33%), Lula (13,66%), todos (8,33%).

Dados técnicos: Foram ouvidas 600 pessoas entre 21 e 24 de novembro. Utilizou-se o método de amostragem estratificada proporcional de conglomerados selecionados com probabilidade proporcional ao tamanho (PPT) em 03 estágios.

Perfil da amostra: Masculino 47,3%, Feminino 52,7%; 16 a 24 anos 16,8%, 25 a 34 anos 22,2%, 35 a 44 anos 21,0%, 45 a 59 anos 23,3% e 60 anos ou mais 16,5%.

A amostra foi composta por 600 entrevistas aplicadas na população que tenha título de eleitor, more e vote no Estado de Pernambuco e distribuída da seguinte forma: Região Metropolitana 42,2%, Zona da Mata 14,6%, Agreste 25,2 e Sertão 18,0%.

O intervalo de confiança estimado é de 95% para uma margem de erro para mais ou para menos de 4,1% Sistema interno e controle de verificação: Para realização da pesquisa, utilizam-se uma equipe de entrevistadores e supervisores, contratados pelo Instituto. Todos devidamente treinados para execução do trabalho.

A área da pesquisa compreende o estado da Pernambuco, composta por 04 (quatro) mesorregiões: Região Metropolitana, Agreste, Sertão e Zona da Mata e os seguintes municípios: Floresta, Petrolândia, Cabrobó, Petrolina, Santa Maria da Boa Vista, Araripina, Bodocó, Exu, Ipubi, Ouricuri, Salgueiro, São José do Belmonte, Afogados da Ingazeira, São José do Egito, Serra Talhada, Arcoverde, Custódia, Sertânia, Águas Belas, Bom Conselho, Buique, Garanhuns, Lajedo, Belo Jardim, Bezerros, Bonito, Brejo da Madre Deus, Caruaru, Gravatá, Pesqueira, São Bento do Uma, São Caetano, Bom Jardim, João Alfredo, Limoeiro, Santa Cruz do Capibaribe, Surubim, Toritama, Abreu e Lima, Cabo, Camaragibe, Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista, Recife, São Lourenço da Mata, Água Preta, Barreiros, Catende, Escada, Palmares, Ribeirão, Sirinhaém, Vitória de Santo Antão, Aliança, Carpina, Glória de Goitá, Goiana, Itambé, Nazaré da Mata, Paudalho, Timbaúba e Vicência.

 

Via Nill Júnior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *