Músicos franceses e pernambucanos se unem em “Encontros Além Mar”

O EP “Encontros Além Mar – Premiers Voyages” reúne músicos de Pernambuco e da França, construindo uma experiência de intercâmbio entre as culturas populares das duas regiõe

Romain Frencénon é o produtor e idealizador do disco – Foto: Rafael Furtado

Separadas por um oceano atlântico, Pernambuco e França convergem seus laços a partir da um projeto da Associação Simbora, na cidade de Tolouse ao sul da França, que promove a difusão e valorização de músicas e danças tradicionais do Nordeste do Brasil e da Occitânia, região do país europeu onde fica o Simbora.

O EP “Encontros Além Mar – Premiers Voyages” reúne músicos de Pernambuco e da França, construindo uma experiência de intercâmbio entre as culturas populares das duas regiões. “Tolouse é uma cidade que tem bastante brasileiros, então essa conexão de bandas da França com o Nordeste é uma coisa natural e que já existe há algum tempo”, explica Romain Frécenon, músico multi-instumentista francês, idealizador e produtor do EP.

“A Associação Simbora nasceu para ajudar a divulgação, realizar festas e, com a pandemia, não poderíamos organizar shows, decidimos então produzir um EP dessas viagens entre o Brasil e a França”, complementa. O disco reúne seis músicas de compositores como Marcos do Pífano, Carollina Ribeiro, Lucas Notaro, Gabriel Moulin, além do próprio Romain Frécenon.

De acordo com o idealizador do projeto, a ideia para o EP surgiu a partir de uma produção casual. “Eu já tinha uma música de Lucas Furtunato, que ele fez quando estava na França e eu gravei, mas não sabia o que fazer com ela até então. Aí quando chegou o confinamento, falei com ele e tive a ideia de lançar uma música por mês na internet com esse mote de unir as inspirações dos compositores em sua cultura de origem, mas também nas suas viagens”, disse.

O historiador e músico pernambucano Lucas Furtunato estava no país europeu cumprindo programa de intercâmbio da sua graduação quando acabou se envolvendo com a cultura local. “Eu toquei muito com umas bandas de pífano e uns grupos de forró que tinham por lá, também frequentei muito os bailes tradicionais”, relembrou.

Influenciado pela cultura occitana, Lucas compôs “Empreinte de la Mer”, uma mazurka, gênero musical típico daquela região da França. “A mazurka está perto de uma valsa porque ambas são em compasso ternário, só que a valsa é um compasso composto”, afirmou. “É um dos ritmos que eram muito tocados nos repertórios dos sanfoneiros antes do forró”, completou.  Lucas lembra que o rei do baião Luiz Gonzaga chegou a gravar uma mazurka em meados da década de 1960.

“Eu brinco dizendo que Tolouse é uma colônia pernambucana na França, tem um fluxo regular de músicos que saem daqui e vão pra lá e vice-versa, de pessoas de lá que se interessaram muito pela música produzida em Pernambuco, e existe esse movimento de ressaltar as semelhanças entre os dois”, ressalta o historiador.

Segundo Lucas, a cidade francesa é um reduto das mais diversas expressões artísticas. “Lá tem muitas tradições, além do forró, tem a cultura do pífano que é muito forte, tem grupo percussivo de maracatu, tem coco também”, salientou.

Lucas Furtunato compôs uma das músicas da coletânea

“É importante ter na música diferentes culturas populares e quando as tradições se encontram, elas se fortalecem. É importante pra cultura occitana o encontro com o forró, o coco, a ciranda e vice-versa. Quando as pessoas que fazem essas músicas se encontram criam um olhar novo pro seu território”, refletiu o músico pernambucano.

Quem quiser conferir o trabalho, ele está disponível no site bandcamp e à venda na loja Passa Disco. Os planos para 2021 são de produzir e lançar o segundo volume intitulado: “Encontros Além Mar – Entre Climas”, um EP com quatro músicas que deve sair em março, início da primavera na França.

SERVIÇO
O EP “Encontros Além Mar – Premiers Voyages” está disponível no site Bandcamp:
https://encontrosalemmar.bandcamp.com/album/premiers-voyages
Disponível também na loja Passadisco:
Rua da Hora, 345, Espinheiro. Telefone: (81) 3268-0888

 

Da Folha de Pernambuco

Um comentário em “Músicos franceses e pernambucanos se unem em “Encontros Além Mar””

  1. Que maravilha!
    É o Jornal Desafio, trazendo notícia do que acontece no mundo da cultura artística e incentivando a jovens e adultos a valorizarem os seus princípios culturais.
    Grande abraço!

    Meca Moreno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *