Número de mortes por acidentes nas rodovias é menor no Carnaval 2020 em PE

Número de mortes por acidentes nas rodovias é menor no Carnaval 2020 em PE

 

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou uma operação durante o carnaval nas rodovias federais de Pernambuco, entre os dias 21 a 26 de fevereiro. Foram registrados 69 acidentes, que deixaram 47 pessoas feridas e quatro mortas. No ano passado, na Operação Carnaval, foram contabilizados 70 acidentes, com 38 feridos e seis mortes. Foram 33% a menos no número de mortes, em comparação ao mesmo período em 2019.

Três dos acidentes com morte envolveram motocicletas. Um deles ocorreu no domingo (23), na BR 101, em Joaquim Nabuco, na Mata Sul de Pernambuco. O motociclista faleceu após colidir na traseira de um veículo não identificado. Na sexta-feira (21), na BR 423, em Garanhuns, o motorista de um caminhão colidiu na traseira de outro veículo de carga. Suspeita-se que o condutor tenha apresentado um mal súbito na direção do veículo.

Fiscalização

Foram fiscalizados 7.891 veículos e 8.202 pessoas, sendo emitidas 3.592 autuações por diversas irregularidades, como 391 por ultrapassagens em local proibido, 203 pelo não uso do cinto de segurança, 87 pela falta do capacete e 38 pela falta da cadeirinha.
Foram realizados 3.960 testes com o bafômetro. 97 pessoas foram autuadas e duas pessoas foram presas por dirigir sob efeito de álcool.

Cerca de 1.490 pessoas foram alcançadas por atividades educativas através de abordagens nas rodovias. A PRF também realizou palestras sobre o combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Também foram recolhidos 33 animais que estavam soltos às margens da rodovia e retiradas de circulação para evitar acidentes, além de 6,2 toneladas de mercadorias com excesso de peso.

Ainda de acordo com a PRF, na operação, foram recolhidos 261 veículos irregulares, 223 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs) e 45 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs).

Do NE10 Interior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *