Parentes e amigos se despedem de terceira vítima da queda do Globocop

 

Familiares deram adeus ao sobrevivente à queda do Globocop no Recife (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)

 

 

 

 

Parentes e amigos se despediram, nessa sexta-feira (2), do operador de transmissão Miguel Brendo Pontes Simões, de 21 anos, a terceira pessoa que morreu após o acidente com o Globocop. O corpo do rapaz foi velado e enterrado no Cemitério Memorial Guararapes, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. O enterro ocorreu às 14h30.

 

Miguel faleceu na manhã da quinta-feira (1º), no Hospital da Restauração, na área central do Recife, em decorrência de politraumatismo . Ele era o único sobrevivente da queda do Globocop, que prestava serviços à TV Globo no Recife, ocorrido no dia 23 de janeiro. Outras duas pessoas morreram no acidente.

 

Amigos e parentes de Miguel fizeram homenagens durante o velório e levaram coroas de flores. Emocionada, a mãe do operador ficou o tempo inteiro ao lado do caixão. O comandante Wagner Monteiro, pai de Miguel, ressaltou o talento e o amor do filho pelo trabalho no Globocop.

 

“Ele fez 21 anos agora, em janeiro. Super responsável, inteligente, carinhoso. Só qualidades. Pai é suspeito, mas só há coisas boas para falar”, disse Wagner.

Jovem que havia sobrevivido ao acidente do Globocop no Recife foi homenageado durante sepultamento (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)

A cerimônia, que aconteceu na capela do cemitério, foi reservada a familiares e amigos. A imprensa não teve permissão para acompanhar as homenagens. (G1)

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *