Pernambuco ganha lei para prevenir crimes e abre 30 mil vagas em cursos profissionalizantes para jovens

Image result for Pernambuco ganha lei para prevenir crimes e abre 30 mil vagas em cursos profissionalizantes para jovens

 

 

O governo de Pernambuco sancionou, nessa quarta-feira (15), a Lei de Prevenção Social ao Crime e à Violência. A norma aponta diretrizes para ações da Secretaria de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas, criada no início deste ano. Uma delas é a abertura de 30 mil vagas em cursos profissionalizantes e preparatórios, por meio do Programa Juventude Presente.

As inscrições nos cursos podem ser feitas nas estações do Governo Presente, no Recife, em Jaboatão dos Guararapes, Paulista, Caruaru, no Agreste, e Petrolina, no Sertão. Informações podem ser obtidas nesses locais ou no site do governo.

De acordo com o governo, as inscrições têm início nesta quarta. Os cursos são voltados para pessoas que têm entre 15 e 29 anos e não exigem escolaridade elevada. Os candidatos serão escolhidos de acordo com o perfil socioeconômico.

A cerimônia de lançamento do projeto ocorreu na manhã desta quarta, no Palácio do Campo das Princesas, no Centro do Recife. Após a assinatura da norma, o governador Paulo Câmara (PSB) afirmou que a iniciativa busca ir além das ações de repressão policial.

“Temos que olhar antes, com prevenção. Agora, é botar efetividade nessa lei e focar na prevenção das áreas mais vulneráveis”, disse Câmara.

O chefe do Executivo se refere a 54 áreas em 13 municípios de Pernambuco, consideradas as mais violentas, após um mapeamento feito pelo próprio governo. “Em todas as áreas vulneráveis, vamos ter gente buscando dar condições e mostrar o caminho da educação e da qualificação”, comentou.

A lei garante, ainda, a criação de 12 Núcleos de Prevenção Social, que devem funcionar com foco na juventude, promovendo mutirões de serviços como emissão de documentos.

A legislação também prevê a instalação de um Observatório de Prevenção à Violência, que deve reunir pesquisadores e representantes de universidades para discutir iniciativas para evitar o aumento da criminalidade. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *