Pernambuco prepara mais maternidades para atender grávidas e recém-nascidos com Covid-19

Bebê

 

 

As maternidades dos hospitais Agamenon Magalhães (HAM), na Zona Norte do Recife, e Barão de Lucena (HBL), na Zona Oeste da Capital, estão se preparando para atender grávidas e recém-nascidos com Covid-19. A informação foi divulgada ontem pelo secretário estadual de Saúde, André Longo, durante coletiva pela internet. Até então, apenas o Instituto Materno Infantil Professor Fernando Figueira (Imip), no Centro, é referência para esta parcela da população.

“Não sabemos quando a doença vai se manifestar em uma gestante. Ela pode internar para fazer um parto, sem sintomas, e desenvolver a doença durante o internamento em uma dessas unidades. É fato que não tínhamos maiores elementos que constituíssem casos de maior gravidade em gestantes pela observação internacional, mas o comportamento do vírus, por ser uma doença nova, tem um dinamismo muito grande”, disse Longo.

De acordo com o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, as evidências até aqui não apontavam um risco aumentado para grávidas em relação ao novo coronavírus. “Recentemente, apenas com a observação de alguns casos entre gestantes se identificou que gestações de alto risco e mulheres que tiveram bebê, ou seja, no puerpério, deveriam fazer parte do grupo de risco e portanto merecem um olhar mais de perto”, comentou também na coletiva on-line.

O chefe do setor de Infectologia do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), Demetrius Montenegro, ressalta que por um grupo etário ou com comorbidades ter maior chance de adoecer e ter complicação de Covidß19 não quer dizer que outras pessoas não venham a ter uma evolução com maior gravidade. “Daí a importância de todos se precaverem para que isso não aconteça e tomar as medidas de isolamento”, falou.

Primeira morte

A fisioterapeuta Viviane Albuquerque, gestante de 31 semanas, morreu na noite do último domingo (5), vítima de Covid-19. Este é o primeiro óbito de gestante com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) causada pelo novo coronavírus em Pernambuco. O bebê foi retirado em procedimento cesariano também no domingo e está internado na UTI de um hospital particular do Recife.

Relembre: Gestante morre por Covid-19 no Recife; bebê está na UTI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.