Pernambuco registra 3.952 roubos em agosto de 2020

Você sabe o que é roubo próprio e impróprio ?

 

 

Ao longo do mês de agosto de 2020, Pernambuco registrou 3.952 ocorrências de roubo. O número representa uma queda de 41,2% em relação aos 6.723 registros de crimes do mesmo tipo em agosto de 2019. Os dados foram divulgados nessa segunda-feira (14) pela Secretaria de Defesa Social (SDS).

Somente no Recife, foram registrados 1.400 casos de roubos a estabelecimentos, ônibus e pedestres. Em agosto do ano passado, foram 2.505 ocorrências do mesmo tipo, o que representa uma queda de 44,1% se comparados os dois períodos. Entre os casos, está o de comerciantes do bairro de Afogados, que chegaram a dormir em lojas para coibir ação de criminosos.

No acumulado do ano em todo o estado, também houve queda no número de registros, segundo a SDS. Foram 56.017 roubos entre janeiro e agosto de 2019 e, no mesmo período de 2020, foram 36.690 registros de crimes do mesmo tipo, o que representa uma queda de 34,5%.

No que diz respeito aos roubos de veículos, a SDS registrou 615 ocorrências em agosto de 2020. Houve uma redução de 46,1%, já que, no mesmo período do ano passado, foram registradas 1.141 ocorrências do mesmo tipo.

Os assaltos a ônibus também apresentaram queda no número de registros em relação aos meses de agosto de 2019 e 2020. Foram 88 casos registrados no ano passado e, neste ano, houve registro de 21 ocorrências do tipo.

Houve, ainda, queda no número de queixas sobre roubo de celulares. Segundo o governo do estado, foram 2.644 ocorrências em agosto de 2019 e, em 2020, foram registrados 1.758 crimes do tipo.

Roubos no interior

Na Zona da Mata, os Crimes Violentos contra o Patrimônio caíram de 629, em agosto de 2019, para 407. O número representa uma queda de 35,2% nos casos desse tipo na região.

Também houve redução no número de ocorrências no Agreste, com o registro de 731 casos em agosto de 2020 e 1.288 roubos no mesmo período do ano anterior, uma queda de 43,2%.

No Sertão, houve diminuição de 344 crimes do tipo em agosto do ano passado para 201 no mesmo mês deste ano, uma redução de 41,5%. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *