Pernambuco registra novo caso de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica

G1

O governo de Pernambuco registrou, nesta terça-feira (19), mais um caso de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P). Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o paciente é um menino de 3 anos, morador do município de Petrolina, no Sertão.

Ele apresentou os sintomas na primeira quinzena de setembro, foi internado e recebeu alta no fim do mesmo mês. O novo caso foi divulgado no boletim de acompanhamento diário da Covid-19, elaborado pela Secretaria Estadual de Saúde.

A SIM-P se apresenta com sintomas como febre insistente, dores abdominais, manchas na pele, irritação dos olhos, entre outros sinais.

A notificação foi instituída no início de agosto de 2020, quando serviços de saúde começaram a fazer um resgate dos casos que podem se enquadrar com a doença.

Balanço

Com este caso, Pernambuco soma 35 ocorrências da SIM-P. Dessas, 33 crianças tiveram alta hospitalar e duas morreram.

Do total, 34 tiveram resultado positivo para Covid-19 e 1 teve contato comprovado com pessoas confirmadas para o novo coronavírus (critério clínico epidemiológico).

Dos casos registrados até esta terça, 21 são do sexo masculino e 14 do feminino, com idades entre 1 e 14 anos.

Dos 35 casos, 32 são de Pernambuco. As crianças moravam nos seguintes municípios: Recife (8, entre eles os 2 óbitos), Caruaru (3), Ipojuca (1), Jaboatão dos Guararapes (4), Goiana (1), Sirinhaém (1), Joaquim Nabuco (1), Limoeiro (1), Timbaúba (1), Flores (1), Nazaré da Mata (1), Santa Cruz do Capibaribe (1), Vitória de Santo Antão (1), Serra Talhada (1), Sertânia (1) e Paulista (2), Petrolina (2) e Carpina (1).

Foram registrados, ainda, três casos de outros estados (Alagoas, Piauí e Paraíba). Em todos eles, ao atendimento ocorreu em unidades de saúde de Pernambuco.

 

DO Nill Júnior

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *