Polícia Civil faz operação contra roubo de cargas com 13 mandados de prisão em Pernambuco

Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), no Recife, recebe parte dos presos na Operação Fidúcia (Foto: Mônica Silveira/TV Globo)

 

 

 

 

A Polícia Civil de Pernambuco desencadeou, nesta terça-feira (22), uma operação contra uma quadrilha especializada em roubo de cargas, denominada Fidúcia. Foram emitidos 13 mandados de prisão preventiva, sendo cinco contra pessoas que já estão presas, e 11 mandados de busca e apreensão domiciliar.

Os mandados são cumpridos nos estados de Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Sul, segundo a polícia. Segundo o delegado Nelson Souto, gestor do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), um homem foi preso em Gramado (RS), outro no Piauí, além dos presos em Pernambuco.

Fidúcia significa gesto confiante, comportamento ousado. A polícia aponta que, justamente por isso, foi escolhido este nome para operação, uma vez alguns integrantes da quadrilha atuavam, de forma ousada, valendo-se da confiança que detinham para a prática dos crimes.

As investigações começaram em outubro de 2017. A quadrilha é investigada por roubo majorado, ou seja, com emprego de violência; furto qualificado, apropriação indébita qualificada e comunicação falsa de crime.

Para esta operação, foram designados 100 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. A operação é coordenada Diretoria Integrada Especializada (DIRESP). A investigação está a cargo do delegado Edmilson Batista, titular da Delegacia de Polícia de Repressão ao Roubo e Furto de Carga (DPRFC), com o apoio da delegada adjunta da unidade, Priscilla Gomes.

Detalhes preliminares da operação devem ser divulgados ainda na manhã desta terça-feira pela Polícia Civil. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *