Polícia Federal deflagra em Pernambuco operação para combater fraudes no Enem

Resultado de imagem para operação polícia federal em pernambuco

 

 

 

Uma operação para combater fraudes nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi deflagrada pela Polícia Federal (PF) nesse domingo (12), segundo dia de provas do certame. Com o apoio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a Operação Passe Fácil cumpre 31 ordens judiciais de condução coercitiva e busca e apreensão em Pernambuco e outros 12 estados brasileiros (BA, CE, ES, GO, MA, MG, MT, PA, PI, PR, RN e SP), além do Distrito Federal.

 

Por meio de nota, a PF informou que nesses locais “foi possível se detectar indícios de fraudes”. O objetivo da operação é desvendar e desarticular um esquema de repasse de gabaritos, inclusive através de pontos eletrônicos, a candidatos do Enem que contrataram a resolução das provas por especialistas.

Ainda segundo a PF, a operação buscou garantir a lisura do certame e a igualdade entre os candidatos, sendo deflagrada com discrição para não prejudicar a tranquilidade necessária para o bom andamento das provas do Enem. Entre os crimes investigados, estão os de estelionato, uso de documento falso, fraudes em certames de interesse público, associação criminosa, com penas ultrapassando 25 anos de reclusão.

Como ainda estão sendo contabilizados, os resultados da Operação Passe Fácil serão divulgados na segunda-feira (13). Porém, de acordo com a Polícia Federal em Pernambuco, “já foi possível colher depoimentos e apreensão de celulares dos investigados, sendo confirmada a participação de candidatos em fraudes em certames anteriores”. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *