Produção de leite no estado cresce 11,6%, em 2019, e bate recorde em 45 anos, diz IBGE

Preço do leite pago ao produtor cai 5% em maio | Jornal de Alagoas

 

 

Pernambuco registrou, em 2019, um aumento de 11,6% na produção de leite, em relação ao ano anterior. Com 1,64 bilhão de litros, o estado atingiu o maior índice produtivo em 45 anos.

Os dados foram divulgados, nesta quinta (15), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no relatório sobre a Produção Pecuária Municipal (PPM).

Ainda segundo o IBGE, o estado também se destacou nacionalmente na produção de ovos de galinha e pelo aumento no rebanho de ovinos e caprinos.

Na produção de leite, Pernambuco ficou em nono lugar no Brasil e em segundo no Nordeste, atrás da Bahia. O estado é responsável por 3,1% de todo o produto que é colocado no mercado.

O valor de produção do leite chegou a R$ 1,2 bilhão. Esse setor foi o responsável por 52,8% da renda da pecuária no estado.

No total, foram ordenhadas 481 mil vacas em 2019, alcançando, assim, uma produtividade de 2,2 mil litros por vaca ao ano.

A maior parte do leite produzido no estado sai do Agreste Meridional e do Sertão. A cidade que mais produz leite em Pernambuco é Buíque, com 81 milhões de litros.

Em seguida, aparecem Itaíba (68 milhões de litros), Águas Belas (63 milhões de litros), Bom Conselho (61 milhões de litros) e Bodocó (52 milhões de litros).

Segundo o IBGE em Pernambuco, o resultado positivo teve influência do clima e do melhoramento genético do rebanho.

Além disso, destacou o instituto, foram tomadas medidas econômicas. Entre elas, estão a implantação da Câmara Setorial do Leite, o fim da isenção fiscal para empresas que importassem leite em pó e da antecipação do ICMS para empresas que adquirissem o produto de outro estado.

Do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *