Recém-nascida indígena de três dias morre de Covid-19 em Floresta

Pernambuco investiga morte de bebê de três dias por coronavírus

 

 

Uma recém-nascida de três dias de vida morreu vítima de Covid-19 em Floresta, no Sertão de Pernambuco. O óbito da menina, uma indígena da etnia Pipipã, ocorreu em sua casa na última quinta-feira (30) e foi confirmado nessa segunda-feira (4) pela prefeitura da cidade.

A menina havia apresentado sintomas de desconforto respiratório, segundo a Prefeitura de Floresta. O material coletado foi encaminhado ao Laboratório Central de Pernambuco (Lacen-PE), que entregou o resultado do teste para novo coronavírus nesta segunda.

De acordo com balanço divulgado pela gestão municipal, a infecção da recém-nascida foi o primeiro caso confirmado na cidade, que descartou duas notificações e permanece com três em investigação. A secretaria não esclareceu como poderia ter ocorrido a contaminação da menina.

Em nota, a prefeitura lamentou a morte da recém-nascida. “Neste momento de dor, nos solidarizamos com a família enlutada e amigos, pedindo a Deus força e fé”, diz a nota assinada pelo prefeito, Ricardo Ferraz, e pelo secretário municipal de Saúde, Dácyo Ferraz.

Da Folha de PE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.