Recife é a melhor capital brasileira para observar o maior eclipse do século

Eclipse lunar total será visível na Austrália, Ásia, África, Europa e América do Sul

 

 

 

O maior eclipse lunar do século será visto também no Brasil e tem o Recife como a melhor capital brasileira para visualizar o fenômeno, que irá acontecer na próxima sexta-feira (27), no fim da tarde. O eclipse lunar total terá uma duração de quase 103 minutos, ou seja, uma hora e 43 minutos. Será o mais longo do século XXI.

Com magnitude umbral de 1,6087 e penumbral de 2,6792, ele será visível na América do Sul, Europa, África, Ásia e Austrália. Na capital pernambucana, o eclipse poderá ser visto a partir das 17h15, horário em que a lua nasce. Às 18h13 a lua estará inteiramente dentro da sombra. O fenômeno poderá ser visto a olho nu.
Durante o eclipse, mais visível à noite, a Lua não desaparece de vista, mas adquire uma tonalidade avermelhada. Ao contrário dos eclipses solares, os lunares são visíveis desde qualquer lugar do mundo, já que a Lua está sobre o horizonte no momento do eclipse.

“O 27 de julho é a oposição de Marte, quando Marte, a Terra e o Sol se alinham, com a Terra diretamente no meio. Neste dia, um eclipse lunar total será visível na Austrália, Ásia, África, Europa e América do Sul. Para aqueles espectadores, Marte estará bem ao lado da eclipsada lua”, alertou Jane Houston Jones, do Laboratório de Propulsão a Jato da agência espacial americana NASA em Pasadena, na Califórnia, em um vídeo publicado pela agência espacial.

Mês especial para observação
Julho de 2018, segundo a agência espacial americana, é o mês em que Marte está mais próximo da Terra desde 2003. Por isso, com o uso de um telescópio será possível ver algumas das características claras e escuras e, às vezes, até gelo polar no Planeta Vermelho.
Da Folha de Pernambuco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *