São José do Egito tem dia marcado por luto

Dois óbitos de egipcienses foram registrados nesta sexta em São José do Egito, um deles por Covid-19. A cidade chegou a 29 mortes pela doença.

A  vítima foi Odaci Paixão, conhecida por Cizinha, que participava de grupo da Igreja, na Paróquia São Judas Tadeu.

Já Ademir Leite, irmão do Padre Jorge Adjan, que atua na Paróquia Cristo Rei, em Serra Talhada,  faleceu, no Hospital Eduardo Campos.  Ainda não há convicção da morte por Covid, pois um segundo teste deu negativo, levantando suspeita de morte por pneumonia.

Os dois foram sepultados hoje no Cemitério Apóstolo Pedro, onde estão sendo sepultadas as vítimas da Covid-19 no município.

Após rápidas homenagens foram sepultados seguindo os protocolos para a doença, mesmo no caso de Ademir, já que ele estava internado na Ala Covid.

Vítimas de acidente sepultadas: essa manhã, foram sepultados os três jovens vítimas de um acidente com moto no município.

As vítimas são Thais Mikaelly Siqueira, Cinddy Meyre Silva e Matheus Silva, com idades entre 20 e 24 anos morreram na quinta.

A moto em que seguiam bateu em uma S10 PE-275, que liga São José do Egito a comunidade do Olho D`água, na altura da fábrica de ração.

 

Do Nill Júnior

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.