Sertão do Pajeú totaliza 319 óbitos por Covid-19

Serra Talhada, Itapetim e Quixaba confirmaram novos óbitos.

Por André Luis

Após os últimos boletins divulgados pelas secretarias de saúde dos municípios do Sertão do Pajeú, nesta segunda-feira (01.03), a região totaliza 19.362 casos confirmados de Covid-19. Foram mais 122 novos casos.

Portanto, os números de casos de cada município ficam assim: Serra Talhada, 7.018; Afogados da Ingazeira, 2.861; Tabira 1.870, São José do Egito, 1.440; Carnaíba,  1.027; Flores, 712; Santa Terezinha, 656 casos; Triunfo, 650; Itapetim, 579; Iguaracy, 452; Calumbi, 355; Brejinho, 350; Solidão, 333; Quixaba, 311; Tuparetama, 295; Santa Cruz da Baixa Verde, 290 e Ingazeira, 163 casos confirmados.

Óbitos – Com mais três óbitos, a região conta agora com 319 óbitos por Covid-19. Todas as dezessete cidades da região registraram mortes. São elas: Serra Talhada (97); Afogados da Ingazeira (30); Flores (25); Carnaíba (22); Triunfo (21); São José do Egito (20); Tabira (19); Santa Terezinha (19); Tuparetama (17); Iguaracy (12); Itapetim (12); Quixaba (10); Brejinho (5); Santa Cruz da Baixa Verde (4); Calumbi (3); Solidão (2) e Ingazeira (1).

Detalhes dos óbitos

A Secretaria de Saúde de Serra Talhada, confirmou o 97° óbito. Trata-se de paciente do sexo feminino, 64 anos, residente no Bairro São Cristóvão. Era hipertensa e faleceu neste domingo, 28 de fevereiro, no Hospital Eduardo Campos.

A Secretaria de Saúde de Itapetim, confirmou o 12º óbito por Covid-19. Segundo informado no boletim epidemiológico “a paciente permaneceu em internamento hospitalar com quadro de saúde grave”.

A Secretaria de Saúde de Quixaba confirmou o 10º óbito por conta da Covid-19. Trata-se de paciente do sexo masculino, 78 anos, que testou positivo em exame realizado em 24 de fevereiro.

Recuperados –  A região tem agora no total 18.681 pacientes recuperados da Covid-19. O que corresponde a 96,48% dos casos confirmados. Nesta segunda-feira, a região somou 87 novas curas clínicas.

 

Do Nill Júnior

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *