SiSU e FIES iniciam prazo de inscrições em breve; saiba como participar

(Foto: Reprodução/PRONATEC)
Seleções para o SiSU e FIES acontecem já a partir do mês de julho e agosto. Os dois programas atendem a públicos diferentes, mas ambos tratam da seleção para ingresso no ensino superior.
Com uso da nota do Exame Nacional do Ensino Médio, o SiSU e FIES fazem seleções para instituições de ensino superior; um na rede pública e o outro na rede privada.
Cronogramas do SiSU e FIES 2021.2
Veja abaixo as datas completas das seleções desses dois programas no segundo mestre desse ano:
  • Inscrições: de 27 a 30 de julho
  • Divulgação da lista de candidatos pré-selecionados: 3 de agosto
  • Período para completarão de informações:4 a 6 de agosto
  • Convocação da lista de espera: 4 a 31 de agosto
  • Vagas remanescentes para candidatos matriculados e não matriculados: 8 a 10 de setembro;
  • Vagas remanescentes para candidatos matriculados: de 27 a 29 de outubro.
  • Inscrição:3 a 6 de agosto
  • Divulgação do resultado:10 de agosto
  • Período de matrícula: 11 a 16 de agosto
  • Período de inscrição na lista de espera: 10 a 16 de agosto
  • Resultado da lista de espera:18 de agosto
  • Convocação da lista de espera:19 de agosto
Afinal, quem pode se inscrever no SiSU e FIES?
Os públicos atendidos pelos dois programas são bem distintos, por isso os estudantes precisam ficar atentos para avaliar em qual deles que se encaixam.
Podem se inscrever no Fundo de Financiamento Estudantil aquelas pessoas que participaram do ENEM a partir de 2010 e obtiveram média superior a 450 pontos, além de não terem zerado a redação.
Quanto a renda, os participantes devem realizar a comprovação de que possuem renda familiar mensal bruta por pessoa de até três salários mínimos (R$ 3.300,00).
No FIES você estuda usando o financiamento e só paga as mensalidades do curso após se formas. No entanto, existe a cobrança de uma taxa ao banco durante o curso.
Já no Sistema de Seleção Unificada poderão se inscrever aquelas pessoas que fizeram o ENEM de 2020, não zeram a redação e 450 pontos, fez todo o ensino médio em escola pública ou como bolsista integral na rede particular; além de pessoas com deficiência.
Em comum entre o SiSU e FIES está a possibilidade de pessoas que já possuem diploma de nível superior se inscrever.
Com informações do site: FDR
empregabilidadebrasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.