Socialistas já não descartam costura com FBC para 2022

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB) foi à mesa com o chefe do Executivo estadual, Paulo Câmara (PSB), em duas ocasiões diferentes, para tratar de temas também diversos. Informações de batidores diem que foi o próprio senador Fernando Bezerra Coelho quem telefonou para o governador e agendou visita de Miguel Coelho ao Palácio das Princesas.

“Esses encontros seriam naturais”, dizem os próprios socialistas, não fosse o fato de os Coelho serem apontados como os maiores adversários do PSB no Estado. Apesar disso, socialistas e Miguel andam com discurso alinhado em um sentido: ambos definem as pautas comuns como estritamente administrativas. O detalhe é que, na prática, não há em curso uma construção política, mas uma fonte governista que acompanha as movimentações palacianas.

A colunista da Folha de Pernambuco, Renata Bezerra, considera que há uma possibilidade de uma recomposição do grupo dos Coelho, liderado por FBC, com a Frente Popular. “Isso está descartado? Acho que não, até porque matava a eleição”, escreveu. Com informações do Blog do Carlos Britto.

 

blogdorobertoararipina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *