Sport sofre apagão, mas Brocador brilha e time entra no G-4

Atacante Hernane Brocador foi o grande destaque, marcando três gols.

 

 

Poderia ter sido menos sofrido, mas os cardiopatas de plantão foram exigidos graças a um apagão do Sport dos 15 aos 18 minutos do segundo tempo. No final, a estrela de Hernane Brocador brilhou, com o atacante marcando os três gols da vitória do Sport por 3×2 sobre o Londrina, nesta sexta-feira (24), na Ilha do Retiro. Com a vitória, o Leão chegou aos nove pontos e entrou no G-4, assumindo a quarta colocação do Campeonato Brasileiro da Série B.

A sede pela primeira vitória e pelo G-4 pareciam mover o Sport em alta velocidade. Desde o primeiro minuto, o Leão buscou o gol, sufocando o adversário. Prova maior disso foi a posse de bola rubro-negra, que chegou a bater a casa dos 80% na metade do primeiro tempo. Apesar do volume de jogo, a pontaria leonina não estava das melhores. Quando Charles arriscou rasteiro e acertou o canto, o goleiro Matheus Albino foi buscar.

Em outras três ocasiões, Guilherme errou o alvo em boas condições de arremate. Até que aos 29 minutos ele resolveu acertar o alvo, mas não foi diretamente no gol. Em rápida descida pela direita, Guilherme chutou cruzado e Hernane Brocador se antecipou ao marcador para abrir o placar e fazer a Ilha do Retiro explodir em festa. O Londrina até ensaiou uma reação, mas não conseguiu criar chances reais.

Isso foi acontecer na etapa final, com o time catarinense chegando com mais força. Com duas mudanças no intervalo, o Londrina arriscou a sua primeira finalização aos sete minutos, com Uelber e a defesa segura de Mailson. Dois minutos depois, Adryelson serviu de paredão para uma grande chance, em finalização de Rômulo.

A resposta do Sport veio em forma de gol. Em descida pela direita, Ezequiel cruzou e Hernane Brocador completou de peito, marcando o segundo gol no jogo e quarto dele na Série B. Essa foi a sexta assistência de Ezequiel para o Brocador nesta temporada: 2×0.

Porém, um apagão leonino custou caro aos mandantes. Aos 15 minutos, Augusto subiu sozinho após falta levantada na área e cabeceou para diminuir. Três minutos depois, Sander derrubou Uelber na área. Na cobrança do pênalti, Germano bateu no alto e deixou tudo igual: 2×2. Silêncio na Ilha do Retiro.

Mas, quem tem Hernane Brocador tem esperança. Aos 29 minutos, Hyuri cruzou rasteiro da esquerda e o artilheiro completou para o fundo do gol, fazendo o seu hat-trick e levando a torcida ao delírio. Vitória importante do Sport, que dorme no G-4.

Ficha técnica

Sport 3
Mailson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; João Igor (Hyuri), Charles e Sammir (Leandrinho); Ezequiel (Yago), Guilherme e Hernane Brocador. Técnico: Guto Ferreira.

Londrina 2
Matheus Albino; Raí Ramos, Marcondes, Augusto e Felipe Vieira; Germano, Rômulo e Higor Leite (Artur Caculé); Marcelinho (Paulinho Moccelin), Safira (Uelber) e Anderson Oliveira. Técnico: Alemão.

Local: Ilha do Retiro (Recife).

Árbitro: Wagner Reway (PB). Assistentes: Oberto da Silva Santos e Kildenn Tadeu Morais de Lucena (ambos da PB). Gols: Hernane Brocador (aos 29 do 1ºT, aos 12 do 2ºT e aos 29 do 2ºT). Augusto (aos 15 do 2ºT) e Germano (aos 18 do 2ºT). Público: 12.028. Renda: 165.936,00.

Da Folha de PE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *