Tragédia com serra-talhadenses é destaque na imprensa nacional

 

 

 

A  tragédia envolvendo os serra-talhadenses,  João Batista Magalhães , 49 anos, e seu filho, Vinicius Magalhães, 14, além de mais três pessoas que vinham para Serra Talhada, Cícero Tenório dos Santos, 60 anos, sua esposa, Claudinei Campos de Souza, 42, ganhou repercussão nacional nesta sexta-feira (07).

O programa jornalístico da TV Band, Brasil Urgente, apresentado por José Luiz Datena, destacou a tentativa de assalto na cidade de Milagres, no Sertão do Ceará, que resultou em 14 mortes, sendo cinco pessoas da mesma família.

Confira abaixo a reportagem completa.

 

ENTENDA O CASO

João Batista tinha ido a Juazeiro do Norte, no Ceará, por volta 21h30 dessa quinta-feira (06), buscar três parentes que estavam vindo de São Paulo para passar os festejos de fim de ano em Pernambuco. A cunhada de João, Claudineide, acompanhada do marido, Cícero, e do filho, Gustavo, foram feitos reféns e mortos no tiroteio. O voo deles chegou na cidade às 23h.

Quando João, que também estava com o filho, Vinícius Magalhães, de 14 anos, voltava para Serra Talhada passou pelo local onde estava acontecendo a tentativa de assalto. Os criminosos tomaram o carro e fizeram o empresário, o adolescente e as três pessoas vindas de São Paulo de reféns, conforme informaram os familiares.

O prefeito de Milagres disse que a família foi sequestrada quando passou por um trecho interditado na rodovia BR-116, na altura da ponte sobre o riacho Tamanduá, e foi sequestrada. A quadrilha utilizou um caminhão para bloquear a via e parar o veículo das vítimas.

 

Relembre: Serra-talhadenses são feitos reféns no estado do Ceará e mortos durante tiroteio

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *