Técnico serra-talhadense brilha em solo boliviano

 

 

 

Por Gilson Queiroz – Diretor-presidente do Grupo Esportes Amadores e Profissionais (GEAP)

Após deixar o comando da equipe do Serrano Futebol Clube em 2019, o jovem técnico serra-talhadense, Edy Lima, deixou o seu País e foi em busca de outros horizontes, desta vez em Santa Cruz de La-Sierra na Bolívia. O convite foi feito no final do ano de 2019 por dirigentes da equipe do Atlético Nacional da Bolívia.

Edy desembarcou em dezembro no referido país e foi apresentado no dia seguinte, para a diretoria do clube e atletas, inclusive com a presença do Diretor de futebol Thiago Denardin, que procurou investir no estrangeiro, segundo o diretor, em entrevista à Redação do GEAP (Grupo Esportes Amadores e Profissionais), o mesmo parabenizou o comandante pelo o seu belíssimo trabalho com as equipes dos Sub-17 e 20.

Edy teve apenas duas semanas para treinar as equipes e logo de cara encarou uma decisão com o Sub-20. Foi aí que brilhou a estrela do sertanejo, que conseguiu conquistar a Copa da Bolívia na categoria sub-20. Em janeiro desse ano as equipes das categorias de base do Atlético Nacional, se deslocaram até o Brasil para disputar a Copa Sul-Americana nas categorias Sub-17 e 20, mais uma vez o técnico serra-talhadense, conseguiu um grande feito ao conquistar a posição de terceiro lugar com o Sub-20 e um quarto lugar com o Sub-17, em menos de dois meses de trabalho. Edy Lima conseguiu conquistar  toda a diretoria do clube, como também, o carinho e respeito dos torcedores bolivianos.

Confira abaixo o que falou o diretor de futebol do Atlético Nacional, Thiago Denardin.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *